Mercado fechará em 33 mins
  • BOVESPA

    109.682,69
    +2.303,77 (+2,15%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    42.792,01
    +524,81 (+1,24%)
     
  • PETROLEO CRU

    44,93
    +1,87 (+4,34%)
     
  • OURO

    1.804,50
    -33,30 (-1,81%)
     
  • BTC-USD

    19.120,88
    +668,91 (+3,63%)
     
  • CMC Crypto 200

    379,78
    +10,03 (+2,71%)
     
  • S&P500

    3.630,31
    +52,72 (+1,47%)
     
  • DOW JONES

    30.036,00
    +444,73 (+1,50%)
     
  • FTSE

    6.432,17
    +98,33 (+1,55%)
     
  • HANG SENG

    26.588,20
    +102,00 (+0,39%)
     
  • NIKKEI

    26.165,59
    +638,22 (+2,50%)
     
  • NASDAQ

    12.049,00
    +143,75 (+1,21%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3870
    -0,0533 (-0,83%)
     

Índices da China fecham em baixa após dados fracos de inflação em outubro

·2 minuto de leitura
Índices acionários em painel de Xangai
Índices acionários em painel de Xangai

XANGAI (Reuters) - Os índices acionários da China fecharam em baixa nesta terça-feira uma vez que dados fracos sinalizaram empecilhos para a recuperação econômica do país.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, teve queda de 0,55%, enquanto o índice de Xangai caiu 0,4%.

Os preços nos portões das fábricas da China caíram a um ritmo mais forte do que o esperado em outubro, pressionados pela demanda fraca por combustível mesmo que os setores comerciais e de indústria tenham apresentado forte recuperação da queda provocada pela Covid-19.

A inflação ao consumidor também foi fraca, chegando à mínima em 11 anos uma vez que os preços da carne suína interromperam um ano e meio de fortes aumentos que foram alimentados pela falta da popular carne.

As ações de tecnologia acompanharam a fraqueza no Nasdaq Composite uma vez que as empresas que tiveram desempenho superior durante a pandemia caíram com a notícia de teste bem-sucedido de uma vacina experimental da Pfizer Inc contra a Covid-19.

O subíndice de tecnologia da informação do CSI caiu 1,7%, o índice de start-ups ChiNext Composite perdeu 1,5% e o STAR 50 de Xangai focado em tecnologia recuou 2,9%​.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 0,26%, a 24.905 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 1,10%, a 26.301 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 0,40%, a 3.360 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 0,55%, a 4.953 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve valorização de 0,23%, a 2.452 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou baixa de 0,35%, a 13.081 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES valorizou-se 3,67%, a 2.705 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 avançou 0,66%, a 6.340 pontos.