Mercado fechará em 4 h 38 min
  • BOVESPA

    109.667,63
    +553,48 (+0,51%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.244,22
    +435,66 (+0,97%)
     
  • PETROLEO CRU

    79,06
    +2,35 (+3,06%)
     
  • OURO

    1.643,50
    +10,10 (+0,62%)
     
  • BTC-USD

    20.193,35
    +1.091,79 (+5,72%)
     
  • CMC Crypto 200

    461,43
    +2,30 (+0,50%)
     
  • S&P500

    3.682,48
    +27,44 (+0,75%)
     
  • DOW JONES

    29.422,44
    +161,63 (+0,55%)
     
  • FTSE

    7.034,92
    +13,97 (+0,20%)
     
  • HANG SENG

    17.860,31
    +5,17 (+0,03%)
     
  • NIKKEI

    26.571,87
    +140,32 (+0,53%)
     
  • NASDAQ

    11.481,75
    +165,50 (+1,46%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1435
    -0,0359 (-0,69%)
     

Índices de ações na China fecham no azul, mas dados de comércio minam ganhos

XANGAI (Reuters) - Índices de ações da China fecharam no azul nesta quarta-feira, apoiados pelo desempenho de fabricantes de chips, mas o avanço foi limitado por dados mostrando que o crescimento das exportações chinesas enfraqueceu em agosto.

O Índice CSI 300 subiu 0,07% no fechamento, enquanto o Shanghai Composite Index ganhou 0,09%.

Índice de referência do mercado de Hong Kong, o Hang Seng perdeu 0,83%, na quinta baixa seguida, atingindo o nível mais baixo desde meados de março, em meio ao aperto das políticas monetárias no exterior e pressões regulatórias. O índice Hang Seng China Composite caiu 0,63%.

As exportações e importações da China perderam força em agosto, uma vez que o aumento da inflação prejudicou a demanda no exterior, enquanto novas restrições por causa da Covid e ondas de calor interromperam a produção, revivendo riscos negativos à economia.

"A China precisa depender mais da demanda doméstica do que das exportações, já que a economia global provavelmente desacelerará", disse Zhiwei Zhang, economista-chefe da Pinpoint Asset Management.

"O principal desafio que a China enfrenta é como equilibrar as atividades econômicas domésticas e conter os surtos de Covid."

O índice de ações de empresas de semicondutores subiu 2,68%, tendo de pano de fundo declarações do presidente chinês, Xi Jinping, de que a China fortalecerá seu sistema liderado pelo Estado para alcançar avanços nas principais tecnologias.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei caiu 0,71%, a 27.430,30 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG perdeu 0,83%, a 19.044,30 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC ganhou 0,09%, a 3.246,29 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, avançou 0,07%, a 4.054,98 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI recuou 1,39%, a 2.376,46 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou queda de 1,82%, a 14.410,05 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 0,41%, a 3.210,83 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 recuou 1,42%, a 6.729,30 pontos.