Mercado fechado

Índice do setor de serviços do Reino Unido cai menos que o esperado

Rafael Vazquez

PMI voltou a recuar em novembro, para 49,3, acima da expectativa de 48,6, mas abaixo da marca que aponta contração da atividade O índice de gerente de compras (PMI, na sigla em inglês) do setor de serviços do Reino Unido caiu para 49,3 em novembro ante 50,0 em outubro, de acordo com dados da IHS Markit/CIPS. A expectativa era que recuasse ainda mais, para 48,6. Ainda assim, a queda foi a maior em oito meses.

O PMI composto, que reúne o setor de serviços e a indústria, também recuou para 49,3 em novembro, de 50,0 em outubro. A expectativa era de 48,5, em linha com a estimativa anterior, mas o dado preliminar foi revisado para cima.

“As pesquisas do PMI de novembro sugerem que da economia do Reino Unido está cambaleando no último trimestre de 2019, com a atividade do setor de serviços voltando a declinar após um breve período de estabilização”, diz Tim Moore, diretor associado de economia da IHS Markit.

O PMI da indústria da IHS Markit, divulgado na segunda-feira (2), também caiu de 49,6 em outubro para 48,9 em novembro no Reino Unido, ficando acima da estimativa inicial de 48,3.

A leitura, entretanto, permaneceu pelo sétimo mês consecutivo abaixo do nível neutro de 50, nível que divide a expansão da contração da atividade.