Mercado fechado
  • BOVESPA

    128.405,35
    +348,13 (+0,27%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.319,57
    +116,77 (+0,23%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,50
    +0,46 (+0,65%)
     
  • OURO

    1.763,90
    -10,90 (-0,61%)
     
  • BTC-USD

    34.063,93
    -1.623,57 (-4,55%)
     
  • CMC Crypto 200

    888,52
    -51,42 (-5,47%)
     
  • S&P500

    4.166,45
    -55,41 (-1,31%)
     
  • DOW JONES

    33.290,08
    -533,37 (-1,58%)
     
  • FTSE

    7.017,47
    -135,96 (-1,90%)
     
  • HANG SENG

    28.801,27
    +242,68 (+0,85%)
     
  • NIKKEI

    28.964,08
    -54,25 (-0,19%)
     
  • NASDAQ

    14.017,75
    -138,50 (-0,98%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0361
    +0,0736 (+1,23%)
     

Índice do setor de serviços dos EUA atinge máxima da série histórica em maio

·1 minuto de leitura

Por Lucia Mutikani

WASHINGTON (Reuters) - Uma medida da atividade de serviços dos Estados Unidos aumentou para uma alta recorde em maio, enquanto a economia caminha para a reabertura total, mas as empresas estão lutando para obter matérias-primas e mão de obra, elevando os custos de produção.

O Instituto de Gestão de Fornecimento (ISM, na sigla em inglês) disse nesta quinta-feira que seu índice de atividade não-manufatureira subiu para 64 no mês passado, a leitura mais alta da sua série histórica, de 62,7 em abril.

Uma leitura acima de 50 indica crescimento no setor de serviços, que responde por mais de dois terços da atividade econômica dos EUA. Economistas ouvidos pela Reuters previam que o índice subisse para 63,0.

(Lucia Mutikani)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos