Mercado abrirá em 5 h 16 min
  • BOVESPA

    108.402,27
    +1.930,27 (+1,81%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.354,86
    +631,46 (+1,35%)
     
  • PETROLEO CRU

    90,02
    -0,74 (-0,82%)
     
  • OURO

    1.786,40
    -0,40 (-0,02%)
     
  • BTC-USD

    23.848,29
    +62,69 (+0,26%)
     
  • CMC Crypto 200

    557,27
    +14,40 (+2,65%)
     
  • S&P500

    4.140,06
    -5,13 (-0,12%)
     
  • DOW JONES

    32.832,54
    +29,04 (+0,09%)
     
  • FTSE

    7.480,16
    -2,21 (-0,03%)
     
  • HANG SENG

    19.989,91
    -55,86 (-0,28%)
     
  • NIKKEI

    27.999,96
    -249,28 (-0,88%)
     
  • NASDAQ

    13.195,50
    +12,25 (+0,09%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2164
    +0,0070 (+0,13%)
     

Índice de preços ao produtor desacelera com alta de 1% em junho--IBGE

Fábrica de alumínio em Pindamonhangaba, SP

Por Isabel Versiani

BRASÍLIA (Reuters) - Os preços ao produtor no Brasil subiram 1,00% em junho, em nova desaceleração após alta de 1,81% em maio, e acumulando avanço de 18,78% em 12 meses, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quinta-feira.

O Índice de Preços ao Produtor, que mede a variação dos preços "na porta da fábrica", sem impostos e fretes, refletiu uma alta de 0,98% em bens de capital, 1,04% em bens intermediários e 0,92% em bens de consumo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos