Mercado abrirá em 2 h 50 min
  • BOVESPA

    102.814,03
    +589,77 (+0,58%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.796,30
    +303,78 (+0,61%)
     
  • PETROLEO CRU

    68,05
    -1,90 (-2,72%)
     
  • OURO

    1.794,70
    +9,50 (+0,53%)
     
  • BTC-USD

    56.774,62
    -584,65 (-1,02%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.435,54
    +6,61 (+0,46%)
     
  • S&P500

    4.655,27
    +60,65 (+1,32%)
     
  • DOW JONES

    35.135,94
    +236,60 (+0,68%)
     
  • FTSE

    7.030,91
    -79,04 (-1,11%)
     
  • HANG SENG

    23.475,26
    -376,98 (-1,58%)
     
  • NIKKEI

    27.821,76
    -462,16 (-1,63%)
     
  • NASDAQ

    16.325,25
    -65,50 (-0,40%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3506
    +0,0214 (+0,34%)
     

Índice para o setor de serviços dos EUA alcança máxima recorde em outubro, mostra ISM

·1 min de leitura
Clientes bebem e jantam ao ar livre no restaurante "Martha", na Filadélfia, Pensilvânia, EUA

WASHINGTON (Reuters) - Uma medida da atividade do setor de serviços dos Estados Unidos atingiu uma máxima recorde em outubro, provavelmente com a queda nos casos de Covid-19 aumentando a demanda, mas as empresas continuaram sobrecarregadas por cadeias de suprimentos travadas e os consequentes altos preços.

O Instituto de Gestão de Fornecimento (ISM, na sigla em inglês) disse nesta quarta-feira que seu índice de atividade não manufatureira saltou para uma leitura de 66,7 no mês passado. Esse é o maior patamar desde o início da série histórica, em 1997, e vem após leitura de 61,9 em setembro.

Leitura acima de 50 indica crescimento do setor de serviços, que responde por mais de dois terços da atividade econômica dos EUA.

Economistas consultados pela Reuters previam alta do índice para 62,0.

(Por Lucia Mutikani)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos