Mercado fechará em 1 h 20 min
  • BOVESPA

    113.146,74
    +2.221,14 (+2,00%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.501,40
    +43,85 (+0,09%)
     
  • PETROLEO CRU

    81,01
    -0,21 (-0,26%)
     
  • OURO

    1.810,50
    -4,70 (-0,26%)
     
  • BTC-USD

    16.955,29
    -29,14 (-0,17%)
     
  • CMC Crypto 200

    402,44
    +1,02 (+0,25%)
     
  • S&P500

    4.052,03
    -24,54 (-0,60%)
     
  • DOW JONES

    34.288,11
    -106,90 (-0,31%)
     
  • FTSE

    7.556,23
    -2,26 (-0,03%)
     
  • HANG SENG

    18.675,35
    -61,09 (-0,33%)
     
  • NIKKEI

    27.777,90
    -448,18 (-1,59%)
     
  • NASDAQ

    11.946,00
    -116,75 (-0,97%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4871
    +0,0217 (+0,40%)
     

Índice europeu STOXX 600 salta mais de 1% para fechar semana em alta

Sede da Bolsa de Londres

Por Shreyashi Sanyal e Devik Jain

(Reuters) - O índice pan-europeu STOXX 600 fechou em alta nesta sexta-feira, em um rali generalizado liderado pelas ações de varejistas e montadoras, conforme investidores aguardavam a ata da última reunião de política monetária do Banco Central Europeu e uma série de dados para a próxima semana.

O STOXX 600 fechou em alta de 1,16%, a 433,33 pontos, para registrar seu melhor desempenho diário em mais de uma semana. O índice acumula ganhos de 5,1% até agora em novembro.

Dados desta semana mostraram que a inflação na região pairou em uma máxima recorde em outubro. A pesquisa Índice de Gerentes de Compras composto preliminar da S&P Global para a zona do euro, a ser divulgada em 23 de novembro, deve mostrar que a atividade caiu ainda mais em relação a outubro.

Três importantes formuladores de política monetária disseram nesta sexta-feira que o BCE precisa aumentar as taxas de juros o suficiente para conter o crescimento em sua batalha contra a inflação nas alturas, e pode em breve começar a reduzir sua pilha de dívidas de 5 trilhões de euros, mesmo que alguns indiquem incrementos mais lentos dos juros. A ata da reunião de política monetária do BCE de outubro será divulgada em 24 de novembro.

Os papéis de montadoras e varejistas foram os que mais ganharam, com alta de mais de 2,1% cada.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,53%, a 7.385,52 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 1,16%, a 14.431,86 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 1,04%, a 6.644,46 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 1,38%, a 24.675,18 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 1,08%, a 8.127,80 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 0,48%, a 5.766,02 pontos.