Mercado abrirá em 7 hs
  • BOVESPA

    108.376,35
    -737,80 (-0,68%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.006,11
    +197,55 (+0,44%)
     
  • PETROLEO CRU

    77,53
    -0,97 (-1,24%)
     
  • OURO

    1.630,60
    -5,60 (-0,34%)
     
  • BTC-USD

    18.816,20
    -1.318,65 (-6,55%)
     
  • CMC Crypto 200

    430,35
    -28,79 (-6,27%)
     
  • S&P500

    3.647,29
    -7,75 (-0,21%)
     
  • DOW JONES

    29.134,99
    -125,82 (-0,43%)
     
  • FTSE

    6.984,59
    -36,36 (-0,52%)
     
  • HANG SENG

    17.439,67
    -420,64 (-2,36%)
     
  • NIKKEI

    26.030,94
    -540,93 (-2,04%)
     
  • NASDAQ

    11.242,25
    -91,50 (-0,81%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1400
    -0,0199 (-0,39%)
     

Índice europeu registra primeira alta semanal em quatro semanas

Bolsa de Valores de Frankfurt

Por Shreyashi Sanyal e Sruthi Shankar

(Reuters) - As ações europeias marcaram sua primeira alta semanal em quatro nesta sexta-feira, impulsionadas pelo avanço de papéis bancários, por expectativas de mais aperto da política monetária pelo Banco Central Europeu (BCE), enquanto a valorização dos metais deu suporte a ações de mineração.

O índice pan-europeu STOXX 600 fechou em alta de 1,52%, a 420,37 pontos, máxima em mais de uma semana.

O BCE promoveu uma elevação sem precedentes de 0,75 ponto percentual em suas taxas de juros e sinalizou novos aumentos. Várias casas financeiras preveem outra alta de 0,75 ponto em outubro.

Os bancos da zona do euro, abalados por preocupações com sua lucratividade em um ambiente de baixas taxas de juros, dispararam 3,2%, maior ganho percentual em quase dois meses. O índice ainda está em queda de 16,3% no acumulado do ano.

As mineradoras saltaram 3,0%, conforme um dólar mais fraco e novos estímulos à economia da China, atualmente em desaceleração, impulsionaram os preços de metais industriais e minério de ferro. [MET/L] [IRONORE/]

Embora o STOXX 600 tenha conseguido encerrar a semana em alta de 1,1%, investidores questionam se o rali pode se sustentar, já que a Rússia fechou suas torneiras de gás para a Europa indefinidamente durante uma crise no custo de vida na região.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 1,23%, a 7.351,07 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 1,43%, a 13.088,21 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 1,41%, a 6.212,33 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 1,92%, a 22.094,56 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 1,47%, a 8.033,10 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 0,34%, a 5.985,95 pontos.