Mercado fechado

Índice de blue-chips da China fecha na máxima de 8 meses com otimismo por acordo comercial

XANGAI (Reuters) - Os mercados acionários da China chegaram à terceira sessão de ganhos nesta terça-feira, com o índice de blue-chips registrando o maior fechamento em oito meses, impulsionados pelo acordo comercial provisório com os Estados Unidos que ajudou a aliviar o risco externo.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, teve alta de 1,36% e fechou no maior nível desde 19 de abril, enquanto o índice de Xangai fechou com ganho de 1,27%.

A "fase um" do acordo comercial entre EUA e China foi "totalmente finalizado" disse um assessor da Casa Branca na segunda-feira, acrescentando que as exportações norte-americanas para a China vão dobrar segundo o pacto.

O sentimento também foi ajudado por uma série de dados recentes indicando resiliência da segunda maior economia do mundo.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 0,47%, a 24.066 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 1,22%, a 27.843 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC ganhou 1,27%, a 3.022 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, avançou 1,36%, a 4.041 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve valorização de 1,27%, a 2.195 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou alta de 1,32%, a 12.097 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 0,16%, a 3.200 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 recuou 0,04%, a 6.847 pontos.