Mercado fechado
  • BOVESPA

    100.552,44
    +12,61 (+0,01%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    38.669,25
    +467,44 (+1,22%)
     
  • PETROLEO CRU

    39,81
    -0,22 (-0,55%)
     
  • OURO

    1.923,00
    -6,50 (-0,34%)
     
  • BTC-USD

    12.869,46
    +1.812,46 (+16,39%)
     
  • CMC Crypto 200

    257,38
    +12,49 (+5,10%)
     
  • S&P500

    3.435,56
    -7,56 (-0,22%)
     
  • DOW JONES

    28.210,82
    -97,97 (-0,35%)
     
  • FTSE

    5.776,50
    -112,72 (-1,91%)
     
  • HANG SENG

    24.754,42
    +184,88 (+0,75%)
     
  • NIKKEI

    23.475,13
    -164,33 (-0,70%)
     
  • NASDAQ

    11.628,00
    -63,25 (-0,54%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6510
    +0,0010 (+0,02%)
     

Índice de atividade econômica do BC sobe 1,06% em agosto, abaixo das estimativas

Lu Aiko Otta
·1 minuto de leitura

O resultado de agosto foi a quarta alta mensal consecutiva do IBC-Br desde o início da pandemia Arturo Rey/Unsplash O Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) cresceu 1,06% em agosto, na comparação dessazonalizada com julho, conforme divulgado nesta quinta-feira pela autoridade monetária. Foi a quarta alta mensal consecutiva desde o início da pandemia. O resultado mensal de agosto veio abaixo da mediana das estimativas colhidas pelo Valor Data, de alta de 1,7%. O dado de julho foi revisado de uma alta de 2,15% para um crescimento de 3,71%, em relação a junho. No acumulado de 12 meses até agosto, o IBC-Br caiu 3,09%. Devido às constantes revisões do indicador, o indicador medido em 12 meses é mais estável do que a medição mensal. No acumulado do ano entre janeiro e agosto, por sua vez, o recuo foi de 5,44%. Na comparação com agosto de 2019, houve queda de 3,92%, na série sem ajuste. O IBC-Br tem metodologia de cálculo distinta das contas nacionais calculadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O indicador do BC, de frequência mensal, permite acompanhamento mais frequente da evolução da atividade econômica, enquanto o Produto Interno Bruto (PIB) de frequência trimestral, descreve um quadro mais abrangente da economia.