Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.235,76
    +1.584,71 (+1,46%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.808,21
    +566,41 (+1,20%)
     
  • PETROLEO CRU

    91,62
    -0,31 (-0,34%)
     
  • OURO

    1.802,90
    -10,80 (-0,60%)
     
  • BTC-USD

    24.315,75
    +1.437,66 (+6,28%)
     
  • CMC Crypto 200

    573,94
    +42,72 (+8,04%)
     
  • S&P500

    4.210,24
    +87,77 (+2,13%)
     
  • DOW JONES

    33.309,51
    +535,11 (+1,63%)
     
  • FTSE

    7.507,11
    +18,96 (+0,25%)
     
  • HANG SENG

    19.849,70
    +238,86 (+1,22%)
     
  • NIKKEI

    27.819,33
    -180,63 (-0,65%)
     
  • NASDAQ

    13.441,75
    +49,75 (+0,37%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2479
    +0,0015 (+0,03%)
     

Índice de ações europeu abandona alta e fecha em queda com setor de energia

Bolsa de Paris

Por Bansari Mayur Kamdar e Anisha Sircar

(Reuters) - As ações europeias caíram nesta segunda-feira, arrastadas pelo setor de energia em meio a temores de uma desaceleração econômica global intensificados por dados econômicos chineses decepcionantes e pela contração na atividade manufatureira da zona do euro.

O índice pan-europeu STOXX 600 caiu 0,1%, revertendo ganhos de mais cedo ao fim de um pregão volátil.

Fábricas nos Estados Unidos, Europa e Ásia tiveram dificuldades para ganhar impulso em julho, à medida que a demanda global reduzida e as restrições chinesas contra a Covid-19 afetaram a produção, mostraram pesquisas que alimentaram temores de uma recessão.

As ações de energia caíram 1,5%, quebrando seis dias consecutivos de ganhos, com os preços do petróleo em forte queda após os dados globais de manufatura.

"O quadro pintado está parecendo cada vez mais sombrio para a União Europeia, e uma análise detalhada dos números mostra vendas mais baixas, taxas decrescentes de novos pedidos e exportações e grandes aumentos nos estoques", disse Stuart Cole, macroeconomista-chefe da Equiti Capital.

"A expectativa é de que os fabricantes cortem ainda mais a produção daqui para frente."

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,13%, a 7.413,42 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,03%, a 13.479,63 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,18%, a 6.436,86 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,11%, a 22.429,47 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 0,87%, a 8.085,10 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,43%, a 6.096,99 pontos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos