Mercado fechado

Índia pode passar Brasil em casos de vírus com fim de quarentena

Ari Altstedter

(Bloomberg) -- Depois de desistir de uma custosa quarentena, a Índia pode ter que enfrentar quase o triplo de casos de coronavírus no próximo mês, para mais de 800 mil. Líderes do país recomendam que cidadãos aprendam a conviver com o vírus.

A previsão de uma equipe de cientistas de dados da Universidade de Michigan colocaria a Índia logo abaixo do Brasil, o segundo país mais atingido do mundo no momento, e a caminho de superá-lo devido à enorme população de 1,3 bilhão e ao relaxamento das medidas de contenção do surto.

“Não podemos ver o pico, foi empurrado para frente”, disse Bhramar Mukherjee, professor de bioestatística da Universidade de Michigan, que faz parte da equipe que acompanha a epidemia na Índia.

Mukherjee retirou as projeções de longo prazo do site da equipe porque estavam causando pânico nas pessoas. “Gostaria de poder ser mais positivo, mas acho que vai ser muito difícil nos próximos meses.”

A Índia tentou uma quarentena nacional no fim de março, em um estágio relativamente inicial do surto. Embora as medidas tenham reduzido um pouco a transmissão, não achataram a curva de infecção da Índia como em outros países desenvolvidos.

Devido às medidas de isolamento social, a Índia deve registrar a primeira retração anual do PIB em mais de quatro décadas. Com milhões de desempregados, o governo foi obrigado a relaxar as restrições neste mês. Os casos diários aumentaram para mais de 10 mil, elevando o total para 343 mil, atrás apenas dos EUA, Brasil e Rússia.

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2020 Bloomberg L.P.