Mercado fechado
  • BOVESPA

    112.486,01
    +1.576,40 (+1,42%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.684,86
    +1.510,80 (+3,01%)
     
  • PETROLEO CRU

    80,36
    -0,19 (-0,24%)
     
  • OURO

    1.789,30
    +29,40 (+1,67%)
     
  • BTC-USD

    17.167,39
    +342,81 (+2,04%)
     
  • CMC Crypto 200

    407,32
    +6,62 (+1,65%)
     
  • S&P500

    4.080,11
    +122,48 (+3,09%)
     
  • DOW JONES

    34.589,77
    +737,24 (+2,18%)
     
  • FTSE

    7.573,05
    +61,05 (+0,81%)
     
  • HANG SENG

    18.597,23
    +392,55 (+2,16%)
     
  • NIKKEI

    28.369,97
    +400,98 (+1,43%)
     
  • NASDAQ

    12.060,75
    +18,50 (+0,15%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,3965
    0,0000 (0,00%)
     

Índia lança teste de covid para ser feito em casa

Médico mostra como usar o teste CoviSelf, para ser realizado em casa, fabricado pela empresa indiana Mylab Discovery Solutions

Uma pequena startup indiana acaba de lançar um teste de coronavírus que pode ser feito em casa, o primeiro do tipo na Índia e que pode ajudar, graças ao seu baixo custo, a identificar casos de infecção neste país de 1,3 bilhão de habitantes.

O CoviSelf foi lançado no início do mês e é o primeiro teste de diagnóstico que pode ser realizado em casa aprovado na Índia, que se recupera lentamente de uma mortífera segunda onda epidêmica.

O país registra cerca de 30 milhões de infecções e mais de 350.000 mortes, segundo dados oficiais. Mas os números reais podem ser muito maiores, de acordo com especialistas, devido à falta de testes de diagnóstico e mortes que não foram atestadas como tal.

A startup Mylab Discovery Solutions, que projetou o teste, acredita que o amplo acesso ao CoviSelf - vendido a 250 rupias (US$ 3,40) - pode aliviar os laboratórios e melhorar o registro de casos.

O teste também inclui um código QR que permite conectar-se a um aplicativo que dá o resultado 15 minutos depois e o envia para uma central oficial que centraliza a contagem dos casos.

"Nossa capacidade de produção atual é de 10 milhões de testes por semana", de acordo com Shrikant Pawar, gerente da Mylab Discovery Solutions.

No entanto, o teste só pode ser usado por quem possui um smartphone, o que limita seu alcance na Índia, especialmente em áreas rurais, onde as conexões são precárias e o uso da internet não é generalizado.

mu/gle/alc/ybl/bl/es/mr