Mercado fechará em 16 mins
  • BOVESPA

    112.107,44
    +217,55 (+0,19%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.440,77
    +297,77 (+0,57%)
     
  • PETROLEO CRU

    115,02
    +0,93 (+0,82%)
     
  • OURO

    1.857,60
    +3,70 (+0,20%)
     
  • BTC-USD

    28.536,68
    -913,03 (-3,10%)
     
  • CMC Crypto 200

    618,22
    -11,28 (-1,79%)
     
  • S&P500

    4.147,35
    +89,51 (+2,21%)
     
  • DOW JONES

    33.133,70
    +496,51 (+1,52%)
     
  • FTSE

    7.585,46
    +20,54 (+0,27%)
     
  • HANG SENG

    20.697,36
    +581,16 (+2,89%)
     
  • NIKKEI

    26.781,68
    +176,84 (+0,66%)
     
  • NASDAQ

    12.646,25
    +367,00 (+2,99%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,0818
    -0,0362 (-0,71%)
     

Índia aumenta taxa de juros em reunião inesperada

Logo do banco central da Índia em Mumbai

Por Swati Bhat e Nupur Anand

MUMBAI (Reuters) - O banco central da Índia elevou sua principal taxa de juros ante mínima recorde, em uma ação inesperada nesta quarta-feira para conter a inflação, chocando os mercados e levando o rendimento dos títulos de referência de 10 anos para o nível mais altos em três anos.

O banco central da Índia aumentou a taxa de recompra - a taxa usada para empréstimos aos bancos - em 40 pontos base, para 4,40%, na primeira mudança em dois anos e a primeira alta em quase quatro anos.

A maioria dos analistas esperava um aumento dos juros na próxima reunião do Comitê de Política Monetária do banco em junho, e os mercados foram pegos de surpresa por não saberem que haveria reunião fora do calendário.

"O comitê observou que a atividade econômica doméstica está progredindo amplamente em linha com o que era esperado em abril", disse o presidente do banco central, Shaktikant, em discurso online.

"Ao mesmo tempo, o comitê julgou que as perspectivas de inflação justificam uma resposta apropriada e oportuna através de medidas firmes e calibradas para assegurar que os efeitos secundários dos choques do lado da oferta na economia sejam contidos e que as expectativas de inflação a longo prazo sejam mantidas firmemente ancoradas", acrescentou ele.

O banco central também aumentou a taxa de reserva de caixa dos bancos, ou a proporção de depósitos que os bancos precisam reservar com o banco dinheiro em dinheiro, em 50 pontos-base, para 4,50% a partir de 21 de maio.

O rendimento dos títulos de referência da Índia de 10 anos saltou para 7,42%, máxima desde maio de 2019, logo após a decisão, enquanto a rupia se fortaleceu em relação ao dólar, chegando a 76,21.

O rendimento de 10 anos fechou em 7,38%, enquanto a rupia ficou em 76,4125 por dólar.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos