Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.095,53
    +537,86 (+0,50%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.056,27
    +137,99 (+0,27%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,51
    +0,15 (+0,21%)
     
  • OURO

    1.783,90
    -1,60 (-0,09%)
     
  • BTC-USD

    50.396,17
    -351,74 (-0,69%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.319,08
    +13,96 (+1,07%)
     
  • S&P500

    4.701,21
    +14,46 (+0,31%)
     
  • DOW JONES

    35.754,75
    +35,32 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.337,05
    -2,85 (-0,04%)
     
  • HANG SENG

    23.996,87
    0,00 (0,00%)
     
  • NIKKEI

    28.864,35
    +3,73 (+0,01%)
     
  • NASDAQ

    16.380,50
    -11,75 (-0,07%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2769
    +0,0028 (+0,04%)
     

Índia anuncia lei para proibir criptomoedas

·1 min de leitura
Estima-se que na Índia há entre 15 milhões e 100 milhões de pessoas que possuem criptomoedas (AFP/Ozan KOSE)

O governo da Índia apresentará uma lei para proibir as criptomoedas privadas e criar um marco para uma moeda digital controlada pelo banco central, anunciou o Parlamento nesta terça-feira (23).

A lei propõe "buscar proibir todas as criptomoedas privadas na Índia", um anúncio feito depois que o primeiro-ministro Narendra Modi apresentou na segunda-feira essas moedas virtuais como um risco para "prejudicar nossos jovens" se caírem nas "mãos erradas".

Em setembro, a China proibiu as transações com criptomoedas.

Na Índia, o mercado das moedas virtuais disparou após a decisão do Tribunal Supremo de revogar uma proibição parecida em abril de 2020, com uma progressão de mais de 600% nos últimos 12 meses, segundo o gabinete especializado Chainalysis.

Estima-se que neste país de 1,3 bilhão de pessoas há entre 15 milhões e 100 milhões delas que possuem criptomoedas.

O banco central indiano anunciou em junho que trabalhava para introduzir sua própria moeda virtual a partir do final do ano, enquanto manifestava sua preocupação com as plataformas privadas, como o bitcoin, ethereum e outras.

A lei, que deve ser apresentada ao Parlamento a partir da semana que vem, permitirá exceções, como promover a tecnologia subjacente "blockchain", informou a nota do Parlamento, sem fornecer mais detalhes.

ng/grk/gle/els/eb/es/mb/aa

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos