Mercado fechado
  • BOVESPA

    128.767,45
    -497,51 (-0,38%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.129,88
    -185,81 (-0,37%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,08
    +0,02 (+0,03%)
     
  • OURO

    1.779,30
    +1,90 (+0,11%)
     
  • BTC-USD

    32.449,08
    +847,72 (+2,68%)
     
  • CMC Crypto 200

    767,68
    -26,65 (-3,36%)
     
  • S&P500

    4.246,44
    +21,65 (+0,51%)
     
  • DOW JONES

    33.945,58
    +68,61 (+0,20%)
     
  • FTSE

    7.090,01
    +27,72 (+0,39%)
     
  • HANG SENG

    28.309,76
    -179,24 (-0,63%)
     
  • NIKKEI

    28.884,13
    +873,20 (+3,12%)
     
  • NASDAQ

    14.272,75
    +14,50 (+0,10%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,9208
    +0,0010 (+0,02%)
     

Índia acelera vacinação para evitar nova onda de Covid-19

·2 minuto de leitura

(Bloomberg) -- A Índia acelerou o ritmo de vacinação no país de 1,3 bilhão de habitantes, além de reforçar a infraestrutura de saúde enquanto se prepara para uma possível terceira onda de Covid-19, disse Baijayant Panda, vice-presidente do partido governista.

“Claro que a maior aposta que estamos fazendo é que nossa vacinação aumentou muito”, disse Jay Panda, como é conhecido o líder do Partido do Povo Indiano (Bharatiya Janata Party, ou BJP). “Até o fim do ano, esperamos ter a maioria dos indianos vacinados”, disse em entrevista à Bloomberg TV Ásia na segunda-feira.

A Índia enfrenta a pior onda de Covid-19 do mundo, com hospitais sem leitos e suprimento de oxigênio, enquanto crematórios continuam sobrecarregados. O principal conselheiro científico do governo, K. VijayRaghavan, alertou sobre uma terceira onda diante de mais mutações do coronavírus.

Mais de 2 bilhões de vacinas contra o coronavírus estarão disponíveis na Índia entre agosto a dezembro deste ano, o que será suficiente para vacinar toda a população adulta, disse na semana passada V. K. Paul, membro do think-tank estatal Niti Aayog. A Índia administrou 182,9 milhões de doses até o momento.

O país tem ampliado leitos e cuidados intensivos em hospitais, com respiradores e suprimento de oxigênio, disse Panda à Bloomberg TV. A produção de vacinas está aumentando, afirmou, acrescentando que a Índia pode não precisar de um lockdown nacional, ao contrário do ano passado.

A Índia registrou 281.386 novas infecções e 4.106 mortes na segunda-feira. O primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, disse na sexta-feira que a Covid-19 está se espalhando rapidamente nas áreas rurais e pediu aos moradores do segundo país mais populoso do mundo que tomem precauções.

A Índia registrou número recorde de novos casos nas últimas semanas, e líderes da oposição culparam Modi por declarar vitória contra o coronavírus antes do tempo, acusando-o de não fazer o suficiente para ajudar os estados do país a enfrentarem a pandemia.

Panda disse que embora haja “algum tipo de narrativa focada” em culpar Modi por tudo, a realidade é que o primeiro-ministro deu “os primeiros passos para reforçar a infraestrutura de saúde e implementar a campanha de vacinação”.

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2021 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos