Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.035,17
    -2.221,19 (-1,98%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.592,91
    +282,64 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    61,66
    -1,87 (-2,94%)
     
  • OURO

    1.733,00
    -42,40 (-2,39%)
     
  • BTC-USD

    44.826,43
    -2.670,30 (-5,62%)
     
  • CMC Crypto 200

    912,88
    -20,25 (-2,17%)
     
  • S&P500

    3.811,15
    -18,19 (-0,48%)
     
  • DOW JONES

    30.932,37
    -469,64 (-1,50%)
     
  • FTSE

    6.483,43
    -168,53 (-2,53%)
     
  • HANG SENG

    28.980,21
    -1.093,96 (-3,64%)
     
  • NIKKEI

    28.966,01
    -1.202,26 (-3,99%)
     
  • NASDAQ

    12.905,75
    +74,00 (+0,58%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7583
    +0,0194 (+0,29%)
     

É um Transformer? Empresa apresenta notebook com nada menos que 7 telas

Wagner Wakka
·2 minuto de leitura

Imagine um notebook com duas ou três telas. Essa proposta já é difícil de alcançar sem certa dose de criatividade, certo? Agora pense em um notebook com sete displays. Isso mesmo, sete! Essa é a proposta da Expanscape, empresa que criou um protótipo de laptop com essa quantidade absurda de telas..

O modelo se chama Aurora 7 (nome provisório) e tem como destaque as sete telas, todas unidas à parte central do equipamento ele — ou seja, nada de monitor externo. As especificações são:

  • No centro: 17,3 polegadas e 4K;

  • Nas laterais e acima: 17,3 polegadas e 4K;

  • Acima das telas laterais: dois monitores de 7 polegadas e resolução 1200p;

  • Abaixo do telado: 7 polegadas e resolução 1200p.

Para dar conta do peso de tantas telas, é possível ver que não somente a dobradiça da tampa segura o conjunto. As bordas também são bem reforçadas para dar sustentação e as peças laterais têm pezinhos para evitar que o produto tombe para trás.

Aliás, não há uma imagem sequer do dispositivo fechado, o que nos leva a ficar imaginando qual movimento de Transformer o notebook exige para ficar "enxuto", se é que dá para dizer algo nesse sentido para esse bichão. Prova disso é que a própria Expanscape afirmou que a máquina tem 51 cm de altura quando está com todas as telas recolhidas.

Quais as especificações internas de uma máquina que dá conta disso tudo? É precisos dizer que o Aurora 7 não tem lá os componentes mais potentes do mercado. O modelo vem equipado com uma GTX 1060 da Nvidia, 64 GB de RAM (aqui o número mais impressionante, depois das telas, é claro), e Intel Core i9-9900K.

<em>Modelo tem apoios para as telas para evitar que dispositivo tombe (Foto: Divulgação/Expanscape)</em>
Modelo tem apoios para as telas para evitar que dispositivo tombe (Foto: Divulgação/Expanscape)

Como protótipo, a empresa espera modificar estes componentes para uma RTX 2070 acompanhada do Ryzen 9 3950X.

Outro ponto curioso é a bateria. O Aurora 7 tem um componente extra de 184 Wh para alimentar apenas suas telas. A companhia promete que é possível ficar com o notebook funcionando com as telas ligadas por pelo menos uma hora.

Claro que, só pelo tamanho, já seria complicado levar o aparelho na mochila, mas o conjunto todo pesa 12 kg. Por conta das duas baterias, também não é possível levar o Aurora 7 em aviões.

O protótipo é voltado para sistemas de segurança (por isso tantas telas), mas ainda não é comercializado em massa. A empresa até diz que pretende vendê-lo para pessoas interessadas em adquirir um protótipo destes, mas o comprador precisa assinar um termo de confidencialidade do preço. Ou seja, não se sabe ainda quanto custaria uma belezinha dessas.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: