Mercado fechado
  • BOVESPA

    129.264,96
    +859,61 (+0,67%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.315,69
    -3,88 (-0,01%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,51
    -0,15 (-0,20%)
     
  • OURO

    1.783,50
    +0,60 (+0,03%)
     
  • BTC-USD

    31.648,99
    -3.957,30 (-11,11%)
     
  • CMC Crypto 200

    762,93
    -87,41 (-10,28%)
     
  • S&P500

    4.224,79
    +58,34 (+1,40%)
     
  • DOW JONES

    33.876,97
    +586,89 (+1,76%)
     
  • FTSE

    7.062,29
    +44,82 (+0,64%)
     
  • HANG SENG

    28.489,00
    -312,27 (-1,08%)
     
  • NIKKEI

    28.010,93
    -953,15 (-3,29%)
     
  • NASDAQ

    14.137,50
    +102,50 (+0,73%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,9819
    -0,0542 (-0,90%)
     

É razoável que o dinheiro comece a fluir novamente para o Brasil, diz Campos Neto

·1 minuto de leitura
Roberto Campos Neto participa de entrevista em Brasília

Por Isabel Versiani

BRASÍLIA (Reuters) - A recente valorização do real está relacionada a notícias favoráveis sobre crescimento e no campo fiscal, disse nesta terça-feira o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, acrescentando que considera "razoável" que os fluxos financeiros voltem a fluir para o país.

"Ao fim, o dinheiro está buscando crescimento com estabilidade fiscal. Mais recentemente nós tivemos notícias melhores sobre crescimento e notícias melhores sobre o fiscal, então é apenas razoável que esse dinheiro comece a fluir novamente para o Brasil", disse Campos Neto em evento virtual do banco JPMorgan.

Ele afirmou que o câmbio também pode estar sendo impactado por uma perspectiva de fortalecimento dos fluxos comerciais, frisando que o Brasil tende a ser "enormemente" beneficiado por uma mudança estrutural no consumo de alimentos no mundo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos