Mercado fechado
  • BOVESPA

    130.091,08
    -116,88 (-0,09%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.908,18
    -121,36 (-0,24%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,52
    +0,40 (+0,55%)
     
  • OURO

    1.856,60
    +0,20 (+0,01%)
     
  • BTC-USD

    39.805,70
    -572,03 (-1,42%)
     
  • CMC Crypto 200

    988,53
    -22,07 (-2,18%)
     
  • S&P500

    4.246,59
    -8,56 (-0,20%)
     
  • DOW JONES

    34.299,33
    -94,42 (-0,27%)
     
  • FTSE

    7.172,48
    +25,80 (+0,36%)
     
  • HANG SENG

    28.638,53
    -203,60 (-0,71%)
     
  • NIKKEI

    29.416,91
    -24,39 (-0,08%)
     
  • NASDAQ

    14.039,25
    +9,00 (+0,06%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1127
    -0,0052 (-0,08%)
     

É possível acabar com o uso do tabaco em escala global?

·2 minuto de leitura
É possível acabar com o uso do tabaco em escala global?
É possível acabar com o uso do tabaco em escala global?

Em 2021, o uso do tabaco continua sendo um grande contribuinte para a carga de doenças, resultando cerca de 12% das mortes em todo o mundo entre pessoas com 30 anos. Com isso, quatro organizações cardiovasculares líderes – American Heart Association, American College of Cardiology, European Society of Cardiology e World Heart Federation – divulgaram uma opinião em conjunto pedindo uma ação maior para acabar com a epidemia de tabaco.

Neste contexto, as organizações estão pedindo aos governos que acionem medidas imediatas para implementar a estrutura MPOWER da Organização Mundial da Saúde, a qual descreve seis abordagens políticas essenciais e também comprovadas para reduzir o uso do tabaco:

  1. Monitorar o uso do tabaco e as políticas de prevenção;

  2. Proteja as pessoas da fumaça do tabaco;

  3. Ofereça ajuda para parar de fumar;

  4. Avise sobre os perigos do tabaco;

  5. Aplicar proibições à publicidade , promoção e patrocínio do tabaco;

  6. Aumentar os impostos sobre o tabaco.

Leia mais:

Além disso, o parecer descreve estratégias mais abrangentes de prevenção do tabaco que são necessárias para implementar totalmente a estrutura MPOWER, como:

  • Reduzindo as concentrações de nicotina em todos os produtos de tabaco combustíveis;

  • Mais pesquisas para entender os impactos da nicotina na saúde no sistema cardiovascular e os efeitos de longo prazo dos cigarros eletrônicos;

  • Aplicação de sistemas sólidos e avaliações pré-comercialização de todos os produtos de tabaco;

  • Uma forte regulamentação do marketing da indústria do tabaco para garantir que falsas alegações de saúde não sejam feitas sobre produtos que não foram exaustivamente pesquisados ​​e autorizados por meio de revisão regulamentar;

  • Maior ação global para remover todos os produtos com sabor não-tabaco do mercado;

  • Aumentar o preço de todos os produtos do tabaco, por meio de impostos especiais de consumo e outros meios;

  • Campanhas de contra-marketing direcionadas aos jovens para reduzir efetivamente o uso do tabaco entre os jovens;

  • Acesso a serviços abrangentes de cessação baseados em evidências como uma alternativa mais segura para adultos que desejam parar de fumar cigarros combustíveis.

“Estamos orgulhosos de nos unir aos nossos colegas da saúde pública global para pedir uma ação rápida para acabar com o uso do tabaco e o vício da nicotina em todo o mundo”, disse Mitchell SV presidente da American Heart Association.

“A nicotina pode causar sérios riscos à saúde do sistema cardiovascular em todas as fases da vida”, disse Athena Poppas, ex-presidente imediata do American College of Cardiology.

“O uso do tabaco é a maior causa de morte evitável no mundo hoje, com a maioria das mortes ocorrendo em países de baixa e média renda como resultado de agressivas campanhas de marketing da indústria do tabaco nessas regiões”, complementou Fausto Pinto, Presidente da Federação Mundial do Coração.

Fonte: Medical Xpress

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!