Mercado fechado
  • BOVESPA

    130.207,96
    +766,93 (+0,59%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.029,54
    -256,92 (-0,50%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,01
    +0,13 (+0,18%)
     
  • OURO

    1.867,80
    +1,90 (+0,10%)
     
  • BTC-USD

    40.405,83
    +1.572,81 (+4,05%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.002,43
    +33,59 (+3,47%)
     
  • S&P500

    4.255,15
    +7,71 (+0,18%)
     
  • DOW JONES

    34.393,75
    -85,85 (-0,25%)
     
  • FTSE

    7.146,68
    +12,62 (+0,18%)
     
  • HANG SENG

    28.842,13
    +103,23 (+0,36%)
     
  • NIKKEI

    29.161,80
    +213,07 (+0,74%)
     
  • NASDAQ

    14.119,00
    -5,75 (-0,04%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1462
    +0,0147 (+0,24%)
     

É lei: empresas do Rio estão proibidas de exigir experiência prévia para estágios

·2 minuto de leitura
É lei: empresas do Rio estão proibidas de exigir experiência prévia para estágios
É lei: empresas do Rio estão proibidas de exigir experiência prévia para estágios

A lei 9.285/21, sancionada na última semana pelo governador do Rio de Janeiro Cláudio Castro, proíbe empresas do estado de exigirem experiências profissionais anteriores para a contratação de estagiários. O não cumprimento do regulamento pode resultar na aplicação de multa, que pode variar entre R$ 3 mil e R$ 30 mil.

O texto, de autoria da deputada Martha Rocha (PDT), deixa claro que “é vedada a exigência de experiência prévia aos candidatos a vagas de estágio, na admissão ou como critério de classificação nos processos de seleção de estagiário, nas esferas pública e privada”.

Lei sancionada: empresas estão proibidas de exigir experiência de estagiários para contratação. Imagem: Shutterstock
Empresas estão proibidas de exigir experiência de estagiários para contratação. Imagem: Shutterstock

Para a deputada que encabeçou a proposta, exigir experiência prévia para um estágio é contraditório, visto que o objetivo de um profissional nesta fase da carreira é justamente adquirir experiência.

“Há uma exigência de uma experiência antecipada para quem se habilita a procurar um estágio, mas se a pessoa tiver experiência ela não precisa passar por um estágio. O estágio existe para que o profissional possa ser aprimorado”, contesta ela, em publicação feita pela Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj).

Leia mais!

Para a gestora de RH, professora universitária e CEO da Glaciano Resultados Humanos, Bianca Glaciano, a nova regra facilita a inserção do estudante no mercado de trabalho, que busca experiência justamente por meio dos estágios.

“Os processos que exigem que o candidato seja experiente, de certa forma, acabam gerando uma concorrência injusta. Apesar de ser importante ter qualificação, esta não necessariamente está ligada à experiência, já que há muitos com tempo de experiência que não agregam nada à determinada vaga. Com esta lei, será um processo mais acessível a todos”, explicou a especialista, em entrevista ao jornal O Dia.

Mesmo com a lei em vigor, algumas exigências permanecem inalteradas e partem da preferência da empresa, como a escolha com relação ao período ou ao ano letivo mínimo de escolaridade no curso, que devem estar alinhadas à demanda da vaga.

Fontes: O Dia e Alerj

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!