Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.800,79
    -3.874,54 (-3,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.868,32
    -766,28 (-1,48%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,70
    +0,08 (+0,11%)
     
  • OURO

    1.816,90
    -18,90 (-1,03%)
     
  • BTC-USD

    40.197,02
    +404,59 (+1,02%)
     
  • CMC Crypto 200

    952,21
    +2,31 (+0,24%)
     
  • S&P500

    4.395,26
    -23,89 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    34.935,47
    -149,06 (-0,42%)
     
  • FTSE

    7.032,30
    -46,12 (-0,65%)
     
  • HANG SENG

    25.961,03
    -354,29 (-1,35%)
     
  • NIKKEI

    27.283,59
    -498,83 (-1,80%)
     
  • NASDAQ

    14.967,50
    -70,25 (-0,47%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1710
    +0,1305 (+2,16%)
     

É cedo para se concentrar apenas em carros elétricos, diz Toyota

·2 minuto de leitura

(Bloomberg) -- A linha de produtos da Toyota Motor ao longo dos próximos 30 anos irá conter uma miríade de opções além de apenas veículos elétricos, disseram executivos em uma reunião anual de acionistas nesta quarta-feira.

“É muito cedo para se concentrar em uma opção”, disse o diretor Shigeki Terashi, respondendo à pergunta de um investidor sobre por que a maior montadora do mundo está tomando uma rota de eletrificação diferente da Honda Motor, que tem como meta vender só veículos elétricos em 2040.

Terashi, falando da sede da Toyota na província de Aichi, disse que até 2050 diferentes opções, incluindo híbridos e veículos com células de combustível, precisam competir entre si para que a empresa fique com as melhores opções.

Em comparação com uma série de grandes montadoras, incluindo General Motors, que tem o objetivo de oferecer exclusivamente veículos elétricos dentro de duas décadas, a Toyota está mantendo firmemente sua posição de que os carros não elétricos também desempenharão um papel duradouro nos mercados automotivos globais.

“Algumas pessoas adoram veículos elétricos a bateria, mas outras não consideram as tecnologias atuais convenientes”, disse o diretor de tecnologia da Toyota, Masahiko Maeda. “No final, o que importa é o que os clientes escolhem.”

A lógica da Toyota por trás de uma abordagem mais lenta dos VEs vai além de apenas previsões da demanda do consumidor. De acordo com alguns estudos, os materiais necessários para fazer VEs e baterias podem ser responsáveis por uma parcela maior de emissões de carbono do que os veículos com tubos de escape. A montadora japonesa diz que trabalhará para agilizar seus processos de produção, a fim de reduzir o custo de produção de VEs e outros veículos em conjunto.Ao olhar para a redução das emissões de carbono, há uma escola de pensamento que diz que devemos nos concentrar em veículos elétricos a bateria, disse Terashi. Incluindo produção, uso e emissões relacionadas ao descarte, “estamos optando por olhar para todo o ciclo de vida.”

More stories like this are available on bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2021 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos