Mercado fechado
  • BOVESPA

    126.285,59
    +1.673,56 (+1,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.344,11
    +433,58 (+0,85%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,43
    +0,04 (+0,06%)
     
  • OURO

    1.806,60
    +6,90 (+0,38%)
     
  • BTC-USD

    39.954,12
    +1.207,48 (+3,12%)
     
  • CMC Crypto 200

    938,33
    +8,40 (+0,90%)
     
  • S&P500

    4.400,64
    -0,82 (-0,02%)
     
  • DOW JONES

    34.930,93
    -127,59 (-0,36%)
     
  • FTSE

    7.016,63
    +20,55 (+0,29%)
     
  • HANG SENG

    25.473,88
    +387,45 (+1,54%)
     
  • NIKKEI

    27.581,66
    -388,56 (-1,39%)
     
  • NASDAQ

    14.984,50
    -27,00 (-0,18%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0586
    -0,0498 (-0,82%)
     

Ânima vende escolas em SC para Bahema, acerta acordo de sublocação de espaços em campi

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO (Reuters) - A Ânima anunciou nesta terça-feira venda de três escolas em Santa Catarina para a Bahema Educação, em uma operação que incluiu compromisso de sublocação de espaços em campi da companhia de ensino superior.

O preço de venda acertado das Escolas Internacionais de Florianópolis e de Blumenau e do Colégio Tupy, em Joinville, é de 36,45 milhões de reais.

O compromisso da Bahema de sublocação de espaços nos campi de ensino superior da Ânima em Joinville, Blumenau e Florianópolis envolve a abertura de escolas da própria Bahema. O valor a ser pago por ano é de 816 mil reais, corrigidos por IPCA. O prazo mínimo é de 10 anos.

Além destes espaços, a Bahema também tem que locar espaços em outros campi da Ânima. "Estima-se, em um cenário base, a sublocação de 15 espaços adicionais, a um valor presente líquido (VPL) 54,27 milhões de reais, considerando fluxo dos 20 primeiros anos dos contratos de locação", afirmou a Ânima em comunicado ao mercado.

"Caso a Bahema não subloque ao menos cinco outros espaços nas instituições de ensino superior da Ânima Educação até 2025, será devida uma multa de 1 milhão de reais para cada espaço que deixar de ser sublocado", acrescentou a companhia.

(Por Alberto Alerigi Jr.)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos