Mercado abrirá em 1 h 19 min

África do Sul supera 100.000 casos de coronavírus

·1 minuto de leitura
Trabalhador usa máscara em vinícola em Wellington, perto da Cidade do Cabo, em 17 de junho de 2020.
Trabalhador usa máscara em vinícola em Wellington, perto da Cidade do Cabo, em 17 de junho de 2020.

A África do Sul superou 100.000 casos do novo coronavírus, com um número de mortes próximo de 2.000, anunciaram as autoridades nesta segunda-feira (22).

"Até o momento, o número total de casos confirmados de COVID-19 na África do Sul ultrapassou 100.000 e está em 101.590", afirmou o Ministério da Saúde em comunicado.

Nas últimas 24 horas, foram registrados 61 óbitos pela doença no país, elevando o número de mortes para 1.991.

Apesar dos números altos, a taxa de mortalidade pelo vírus na África do Sul é de 2% e 52,6% dos infectados foram curados.

A região mais afetada é a do Cabo Ocidental, onde estão 1.458 das quase 2.000 mortes registradas no país e mais da metade dos contágios.

Segundo as estatísticas da Organização Mundial da Saúde, a África do Sul responde por mais da metade das infecções por coronavírus no continente africano, seguida pela Nigéria (20.000) e Gana(14.000).