Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.402,27
    +1.930,27 (+1,81%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.354,86
    +631,46 (+1,35%)
     
  • PETROLEO CRU

    90,50
    -0,26 (-0,29%)
     
  • OURO

    1.804,70
    -0,50 (-0,03%)
     
  • BTC-USD

    23.792,41
    +533,27 (+2,29%)
     
  • CMC Crypto 200

    555,44
    +12,56 (+2,31%)
     
  • S&P500

    4.140,06
    -5,13 (-0,12%)
     
  • DOW JONES

    32.832,54
    +29,04 (+0,09%)
     
  • FTSE

    7.482,37
    +42,63 (+0,57%)
     
  • HANG SENG

    20.045,77
    -156,13 (-0,77%)
     
  • NIKKEI

    28.121,29
    -127,95 (-0,45%)
     
  • NASDAQ

    13.192,75
    +9,50 (+0,07%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2092
    -0,0002 (-0,00%)
     

Tencent quer ser a maior acionista da Ubisoft

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

A Tencent Holdings pretende comprar mais ações da Ubisoft e se tornar a sócia majoritária da desenvolvedora francesa. A empresa, dona de marcas como Ragnarok e League of Legends, deseja aumentar a participação societária na publicadora de Assassin's Creed, como forma de consolidar os negócios a um nível global. As informações são da agência Reuters.

A Tencent comprou uma participação de 5% na Ubisoft, em 2018. Desta vez, a maior rede social e empresa de jogos da China teria entrado em contato com a família Guillemot, fundadora da Ubisoft, para manifestar interesse em aumentar a participação na empresa.

De acordo com fontes anônimas ouvidas pela reportagem, a Tencent pretende se tornar a maior acionista da empresa francesa, com uma compra de participação adicional. Para isso, a gigante da China negociaria diretamente com a família Guillemot, que detém 15% da publicadora.

Outro caminho estudado é o de adquirir ações minoritárias. Cerca de 80% das ações da empresa francesa são de propriedade de acionistas minoritários, de acordo com seu último relatório anual. A Tencent estaria ainda disposta a pagar até 100 euros (R$ 531,92) por ação para adquirir a participação adicional. A empresa gastou 66 euros (R$ 352) por ação pela participação de 5% em 2018.

Os detalhes do acordo ainda não foram finalizados e estão sujeitos a alterações, disseram as fontes. Atualmente, a Ubisoft está avaliada em US$ 5,3 bilhões, um pouco mais de R$ 27 bilhões. A possível negociação com a Tencent fez o valor das ações da publicadora experimentar a maior alta diária desde 2004, com as ações subindo 21%.

Tencent é a maior empresa do mundo dos games

A Tencent tem importante presença no mercado de games ocidental. A gigante é considerada a empresa de videogame mais poderosa do mundo, com participação na Epic Games (40%), Krafton Game Union (11,5%), entre outros nomes do setor.

Em 2016, a chinesa comprou uma participação majoritária na Supercell, de "Clash of Clans". A transação foi uma das maiores da indústria dos games, avaliada em R$ 44 bilhões. O conglomerado chinês faturou US$ 13,9 bilhões com jogos em 2021.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos