Mercado abrirá em 34 mins
  • BOVESPA

    107.829,73
    -891,85 (-0,82%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    53.335,51
    -713,54 (-1,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    77,92
    +0,78 (+1,01%)
     
  • OURO

    1.894,00
    +9,20 (+0,49%)
     
  • BTC-USD

    23.182,61
    +194,97 (+0,85%)
     
  • CMC Crypto 200

    534,86
    +8,91 (+1,69%)
     
  • S&P500

    4.164,00
    +52,92 (+1,29%)
     
  • DOW JONES

    34.156,69
    +265,67 (+0,78%)
     
  • FTSE

    7.930,11
    +65,40 (+0,83%)
     
  • HANG SENG

    21.283,52
    -15,18 (-0,07%)
     
  • NIKKEI

    27.606,46
    -79,01 (-0,29%)
     
  • NASDAQ

    12.752,50
    -24,25 (-0,19%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5829
    +0,0058 (+0,10%)
     

Site do STF fica fora do ar após suposto ataque hacker

Site do STF fica fora do ar após suposto ataque hacker
Site do STF fica fora do ar após suposto ataque hacker

O site do Supremo Tribunal Federal (STF), que está fora do ar desde a noite desta quinta-feira (6), pode ter sido alvo de um ataque hacker. Ao entrar no site do tribunal, o usuário vê apenas uma mensagem informando que o portal está em manutenção com um link direcionando para o serviço de peticionamento eletrônico.

Mensagem mostrada na tela inicial do site do STF. Crédito: Captura de tela/Olhar Digital
Mensagem mostrada na tela inicial do site do STF. Crédito: Captura de tela/Olhar Digital

Segundo informações do jornalista Diego Escoteguy, do site O Bastidor, a suposta invasão pode ter ocorrido após um ataque por meio de SQL, um método bastante utilizado para invasões desse tipo. Agora, peritos investigam se o invasor teve acesso a dados sensíveis do STF, mas a extensão do suposto ataque ainda é desconhecida.

De acordo com Escoteguy, o site está fora do ar porque após a detecção da invasão, técnicos do Supremo acionaram os protocolos de segurança da rede para encontrar e deter o hacker. O acionamento desses mecanismos acaba retirando o site do ar para usuários comuns. No entanto, servidores já pressionam a equipe de tecnologia da informação para que o reestabelecimento seja feito de maneira rápida e discreta.

Não é a primeira vez

Hacker “sincerão” invadiu os sistemas DataSUS e FormSUS no início do ano. Crédito: <a href="https://nominuto.com/noticias/saude/ministerio-da-saude-sofre-invasao-e-hacker-debocha-este-site-esta-um-lixo/212747/" rel="nofollow noopener" target="_blank" data-ylk="slk:NoMinuto" class="link ">NoMinuto</a>
Hacker “sincerão” invadiu os sistemas DataSUS e FormSUS no início do ano. Crédito: NoMinuto

Essa não é a primeira vez que os sistemas do poder judiciário se mostram vulneráveis a ataques, no final de 2020, os servidores de e-mail do Superior Tribunal de Justiça (STJ) foram atacados e arquivos do sistema foram “sequestrados” com criptografia e ficaram inacessíveis para todos os servidores do tribunal.

Na ocasião, o criminoso pediu um valor em criptomoedas para liberar o acesso aos dados. Estima-se que todo o sistema, composto por 1.200 máquinas virtuais e seus respectivos backups foi afetado, causando um grande prejuízo.

Leia mais:

Mas a insegurança cibernética não é exclusividade do judiciário, no início desse ano, o site do Ministérios da Saúde também foi invadido em um episódio inusitado. Na ocasião, o hacker apontou as falhas no sistema da pasta e chegou a debochar da segurança dos sistemas DataSUS e FormSUS: “ESTE SITE ESTÁ UM LIXO! Qualquer criança consegue invadir este excremento digital, causar lentidão e até estragos maiores”, disse o invasor na ocasião.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!