Mercado fechado
  • BOVESPA

    117.669,90
    -643,33 (-0,54%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.627,67
    -560,48 (-1,16%)
     
  • PETROLEO CRU

    59,34
    -0,26 (-0,44%)
     
  • OURO

    1.744,10
    -14,10 (-0,80%)
     
  • BTC-USD

    58.909,22
    +358,63 (+0,61%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.235,89
    +8,34 (+0,68%)
     
  • S&P500

    4.128,80
    +31,63 (+0,77%)
     
  • DOW JONES

    33.800,60
    +297,03 (+0,89%)
     
  • FTSE

    6.915,75
    -26,47 (-0,38%)
     
  • HANG SENG

    28.698,80
    -309,27 (-1,07%)
     
  • NIKKEI

    29.768,06
    +59,08 (+0,20%)
     
  • NASDAQ

    13.811,00
    +63,25 (+0,46%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7625
    +0,1276 (+1,92%)
     

Quais empresas vão fabricar apenas carros elétricos?

Felipe Ribeiro
·4 minuto de leitura

A eletrificação é um caminho sem volta dentro da indústria automotiva. Aqui no Canaltech, tivemos a oportunidade de avaliar alguns dos modelos elétricos pioneiros no Brasil e no mundo dentro deste segmento, carros verdadeiramente tecnológicos e que abraçam o compromisso de fornecer um produto competente e com zero emissão de poluentes.

E como é de praxe em vários setores da indústria e da economia, algumas empresas tomaram a frente e se aventuraram primeiro nesse universo. A Toyota, com o Prius, popularizou o conceito de carro híbrido, aqueles em que temos, além do motor elétrico, outro a combustão. Depois, Nissan, Chevrolet e Renault foram além e apostaram nos modelos 100% elétricos, como o Leaf, o Bolt e o Zoe, respectivamente.

Com o passar dos anos, outras marcas decidiram investir pesado em carros eletrificados e, em uma corrida contra o tempo para se adequarem às novas normas de emissão de gases na Europa, anunciaram seus planos para os próximos anos, com algumas dessas empresas, inclusive, avisando que vão abolir os carros a combustão em definitivo.

Além das montadoras mais tradicionais, outras empresas já avisaram que entrarão no mercado de carros elétricos. A Xiaomi, por exemplo, confirmou recentemente que fará um aporte bilionário para criar sua linha de carros elétricos. Apple e Huawei devem anunciar o mesmo caminho em breve.

Veja abaixo quais empresas já anunciaram que vão abolir os carros a combustão ou aquelas que farão apenas carros elétricos.

6. Xiaomi

A Xiaomi anunciou que fará um investimento pesado para entrar definitivamente no mercado de carros elétricos. A empresa, inclusive, revelou o aporte de US$ 10 bilhões nos próximos 10 anos para criar sua linha de veículos, que deve atender a todo tipo de público. A expectativa é de que os automóveis comecem a ser produzidos em cinco anos.

5. Nissan

Pioneira no mercado de carros elétricos, a Nissan já avisou que vai abolir todos os carros a combustão de seu portfólio não apenas na Europa, mas no mundo todo. O prazo, porém, vai bem além do que algumas de suas principais concorrentes. Segundo os japoneses, a ideia é ter carros 100% elétricos em sua gama até 2050.

Imagem: Felipe Ribeiro/ Canaltech
Imagem: Felipe Ribeiro/ Canaltech

Hoje, a empresa conta com o Nissan Leaf, que é um dos mais vendidos do Brasil e do mundo neste segmento, e o Nissan Ariya, um SUV luxuoso presente no mercado europeu e que pode chegar este ano ao Brasil.

4. General Motors

A GM sabe que precisa se adequar ao que o futuro pedirá para seguir sendo uma das montadoras de maior sucesso no mundo. Em anúncio recente, a empresa avisou que todas as suas marcas terão carros 100% elétricos a partir de 2035, em conformidade com as mudanças na legislação na Europa.

Imagem: General Motors
Imagem: General Motors

Portanto, a Chevrolet, que tem o Bolt como carro-chefe (com o perdão do trocadilho) nesse segmento, vai eletrificar suas demais marcas, como a Buick e a Cadillac. Também há planos para a criação de carros 100% autônomos.

3. Ford

Fora do Brasil desde março, a Ford, ao menos na Europa, promete a eletrificação total de seus carros até 2030, ano que parece ser o ponto de virada para muitas dessas empresas. De acordo com os americanos, os investimentos serão de US$ 1 bilhão nos próximos 30 meses para a adaptação de plataformas e plantas fabris.

Imagem: Ford
Imagem: Ford

O anúncio mais recente de carro elétrico da Ford é o Ford Mustang Mach-E, que tem chegada prevista ao Brasil em 2021.

2. Volvo

Conhecida por seus carros altamente seguros e confiáveis — além de luxuosos —, a Volvo é uma das empresas mais preocupadas com a questão da eletrificação. Hoje, no Brasil, a empresa só comercializa veículos híbridos plug-in e a expectativa é de que isso evolua nos próximos 10 anos.

Imagem: Felipe Ribeiro/ Canaltech
Imagem: Felipe Ribeiro/ Canaltech

De acordo com a marca, até o ano de 2030 todos os seus carros serão elétricos, incluindo os modelos já conhecidos, como o XC40, já avaliado pelo Canaltech. Além disso, a montadora fará as vendas 100% online.

1. Audi

Enquanto a Volkswagen pretende não zerar, mas tornar 80% de sua gama de carros elétricos até 2030, a Audi, uma das empresas do grupo alemão, deve se antecipar. Segundo a marca, a ideia é que, a partir de 2035, todos os seus carros sejam elétricos, independentemente da linha urbana ou esportiva.

Imagem: Felipe Ribeiro/ Canaltech
Imagem: Felipe Ribeiro/ Canaltech

Aqui no Brasil, o Audi e-Tron, um dos modelos elétricos vendidos pela empresa por aqui, foi eleito o melhor carro elétrico em 2020. O Canaltech já experimentou o modelo.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: