Mercado fechado
  • BOVESPA

    117.669,90
    -643,33 (-0,54%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.627,67
    -560,48 (-1,16%)
     
  • PETROLEO CRU

    59,34
    -0,26 (-0,44%)
     
  • OURO

    1.744,10
    -14,10 (-0,80%)
     
  • BTC-USD

    59.018,06
    +442,33 (+0,76%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.235,89
    +8,34 (+0,68%)
     
  • S&P500

    4.128,80
    +31,63 (+0,77%)
     
  • DOW JONES

    33.800,60
    +297,03 (+0,89%)
     
  • FTSE

    6.915,75
    -26,47 (-0,38%)
     
  • HANG SENG

    28.698,80
    -309,27 (-1,07%)
     
  • NIKKEI

    29.768,06
    +59,08 (+0,20%)
     
  • NASDAQ

    13.811,00
    +63,25 (+0,46%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7625
    +0,1276 (+1,92%)
     

Plantio de milho 2ª safra 20/21 chega a 99% no Paraná; semeadura do trigo começa

Nayara Figueiredo
·2 minuto de leitura

Por Nayara Figueiredo

SÃO PAULO (Reuters) - O plantio de milho segunda safra 2020/21 está em vias de ser concluído no Paraná, com 99% das áreas já semeadas, informou o Departamento de Agricultura Rural (Deral) nesta terça-feira, enquanto produtores deram a largada nos trabalhos para o trigo.

A semeadura do milho "safrinha" avançou dois pontos percentuais no comparativo semanal e está no mesmo patamar registrado para esta época da temporada anterior, mostraram dados do órgão ligado ao governo estadual.

A previsão climática indica que o outono será de chuvas abaixo da média no Paraná, porém, é muito cedo pra projetar qualquer impacto para as lavouras do cereal, disse o analista do Deral Edmar Gervásio.

"Neste momento, as condições do clima ainda são favoráveis. O plantio, principalmente na região oeste, apesar de ter sido feito atrasado, (teve) condições boas", afirmou.

Segundo o Deral, 92% das áreas de milho safrinha são consideradas boas e 7% estão classificadas como médias. Na semana passada, as lavouras boas representavam 94% e as médias 5%.

Nas áreas de trigo do Paraná, maior Estado produtor da cultura no país, o plantio começou embora ainda não tenha alcançado 1%. O ritmo está em linha com o patamar verificado em anos anteriores, afirmou à Reuters o analista do Deral Carlos Hugo Godinho.

Ele disse que a expectativa é que venham chuvas abaixo da médias nas regiões que cultivam o cereal, mas isso não seria um problema para o trigo, desde que tenha algum volume de água suficiente para germinação.

"O trigo não é uma cultura muito exigente em água, então pode-se esperar que não seja (um cenário) muito problemático num primeiro momento", afirmou Godinho.

Ele lembrou que a perspectiva inicial para a safra de trigo paranaense, formulada com base no potencial de produção, é muito otimista. De acordo com o órgão, o Estado deve colher 3,77 milhões de toneladas do cereal, alta de 21% em relação ao ciclo anterior.

COLHEITA

A colheita de soja 2020/21 alcançou 95% das áreas no Paraná, informou o Deral, ao mostrar um avanço ante os 88% registrados na semana passada. No mesmo período de 2019/20, os trabalhos estavam em 92%.

O órgão classificou 86% das lavouras da oleaginosa como boas e 14% como ruins. Na semana anterior, esses percentuais estavam em 84% e 15%, respectivamente.

Já a colheita do milho verão chegou a 88% das áreas, ante 82% na semana anterior e 85% em igual período da safra passada.

Cerca de 64% das áreas são consideradas boas, 25% estão médias e 11% ruins --quando não há chance de recuperação.

Na semana anterior, apenas as áreas médias e ruins mostravam condições diferentes das atuais, com 26% e 10%, respectivamente, o que representa uma leve piora na variação semanal.

(Por Nayara Figueiredo)