Mercado fechado
  • BOVESPA

    117.669,90
    -643,33 (-0,54%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.627,67
    -560,48 (-1,16%)
     
  • PETROLEO CRU

    59,34
    -0,26 (-0,44%)
     
  • OURO

    1.744,10
    -14,10 (-0,80%)
     
  • BTC-USD

    59.317,53
    +782,81 (+1,34%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.235,89
    +8,34 (+0,68%)
     
  • S&P500

    4.128,80
    +31,63 (+0,77%)
     
  • DOW JONES

    33.800,60
    +297,03 (+0,89%)
     
  • FTSE

    6.915,75
    -26,47 (-0,38%)
     
  • HANG SENG

    28.698,80
    -309,27 (-1,07%)
     
  • NIKKEI

    29.768,06
    +59,08 (+0,20%)
     
  • NASDAQ

    13.811,00
    +63,25 (+0,46%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7625
    +0,1276 (+1,92%)
     

Pesquisa Games Brasil 2021 mostra crescimento do consumo de jogos com isolamento

Wagner Wakka
·2 minuto de leitura

Estudos em todo mundo mostram que o mercado de games cresceu durante a pandemia do novo coronavírus (SARS-CoV-2). E o mais novo levantamento da Pesquisa Games Brasil (PGB) 2021 confirma que jogos passaram a ter uma importância maior com o isolamento.

Segundo o estudo, 46% dos entrevistados disseram ter jogado mais com o isolamento social. De acordo os organizadores do trabalho, a PGB 2020 foi realizada em fevereiro do ano passado, antes do início da pandemia, o que ajuda a ter um bom comparativo agora.

Além disso, as pessoas também estão investindo mais em games. Do total, 42,2% disse ter gasto mais dinheiro com jogos digitais durante o isolamento social. Mais de 2/3 disse que pode ter assistido a mais conteúdos relacionados a games no último ano.

<em>Dados e arte: PGB 2021</em>
Dados e arte: PGB 2021

Tal dado coloca o Brasil em linha com a tendência mundial. Segundo o levantamento do SuperData divulgado em janeiro de 2021, a receita com games cresceu 12% no ano passado com a COVID-19. O mercado de jogos mobile ainda é hegemônico no topo, sendo responsável 58% do faturamento anual do setor.

Perfil do gamer brasileiro

O estudo mais uma vez mostra que as mulheres são maioria entre o público gamer. Em 2021, o levantamento encontrou que 51,5% do total de jogadores é composto por mulheres.

O trabalho aponta que o púbico brasileiro é adulto, com mais de 40% do total entre 20 e 30 anos. Do total, apenas 10% é menor de 19 anos. O dado também corrobora com um estudo do Statista que aponta que a idade média dos jogadores mundialmente é de 33 anos, ou seja, adulta.

Um dado inédito do trabalho diz respeito à etnia dos participantes. Embora a maioria ainda se identifique como branca, a soma de pretos e pardos é hegemônica, com 50,3% do total.

<em>Dados e arte: PGB 2021</em>
Dados e arte: PGB 2021

O estudo ainda identifica que os dispositivos mobile são a plataforma preferencial dos entrevistados. No total, 41,6% disse que smartphone é sua primeira opção para jogos, seguido de consoles de mesa (25,8%) e computador (18,3%).

<em>Dados e arte: PGB 2021</em>
Dados e arte: PGB 2021

O trabalho possui uma versão gratuita com acesso liberado pelo site oficial da PGB. O levantamento foi realizado pela Blend New Research, ESPM, Go Gamers e Sioux Group. No total, 12.498 pessoas participaram da pesquisa, em 26 estados da federação entre 7 e 22 de fevereiro de 2021.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: