Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.402,27
    +1.930,27 (+1,81%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.354,86
    +631,46 (+1,35%)
     
  • PETROLEO CRU

    90,12
    -0,64 (-0,71%)
     
  • OURO

    1.800,40
    -4,80 (-0,27%)
     
  • BTC-USD

    23.744,00
    +517,61 (+2,23%)
     
  • CMC Crypto 200

    554,38
    +11,50 (+2,12%)
     
  • S&P500

    4.140,06
    -5,13 (-0,12%)
     
  • DOW JONES

    32.832,54
    +29,04 (+0,09%)
     
  • FTSE

    7.482,37
    +42,63 (+0,57%)
     
  • HANG SENG

    19.891,68
    -154,09 (-0,77%)
     
  • NIKKEI

    27.982,99
    -266,25 (-0,94%)
     
  • NASDAQ

    13.171,25
    -12,00 (-0,09%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2097
    +0,0003 (+0,01%)
     

Nova scooter elétrica da Honda custa menos do que um PlayStation 5

A Honda acaba de lançar a MS01, uma scooter elétrica pensada para deslocamentos urbanos e que terá produção limitada. O projeto, feito em parceria com a gigante varejista Muji, também do Japão, será vendida inicialmente na China, já que os custos de produção são bem baixos. O preço: o equivalente a US$ 744 (R$ 4 mil na cotação atual).

Segundo a montadora japonesa, a MS01 é feita pensando em todo o tipo de terreno, muito embora tenha proposta essencialmente urbana. Sua ficha técnica, aliás, escancara essa vocação: são 65km de autonomia e 25 km/h de velocidade máxima. A bateria de íons de lítio se recarrega sozinha graças aos freios, que regeneram energia para a scooter.

Mesmo com pedais, a MS01 é considerada uma scooter, muito em função do seu design, minimalista, mas que tem um formato bem diferente de bicicletas elétricas convencionais. Seu porte permite acesso a muitos prédios e ruas, sem maiores problemas.

Scooter elétrica da Honda não deve chegar ao Brasil tão cedo (Imagem: Divulgação/ Honda)
Scooter elétrica da Honda não deve chegar ao Brasil tão cedo (Imagem: Divulgação/ Honda)

O baixo preço, segundo a Honda, se dá aos materiais empregados na MS01, além da proposta mais simples, sem funções extras do ponto de vista tecnológico. É sentar no banco e sair rodando por aí, sem preocupações.

Lançamento em outros mercados?

A Honda não deu muitos detalhes, mas, a princípio, a MS01 não será levada a outros mercados. O motivo pode ser justamente o preço para a montagem de cada unidade. A montadora, no entanto, avisou que o lote inicial terá apenas cinco mil scooters.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos