Mercado abrirá em 7 horas 1 minuto
  • BOVESPA

    117.560,83
    +362,83 (+0,31%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.326,68
    +480,88 (+1,05%)
     
  • PETROLEO CRU

    88,27
    -0,18 (-0,20%)
     
  • OURO

    1.720,60
    -0,20 (-0,01%)
     
  • BTC-USD

    19.975,77
    -342,97 (-1,69%)
     
  • CMC Crypto 200

    454,61
    -8,51 (-1,84%)
     
  • S&P500

    3.744,52
    -38,76 (-1,02%)
     
  • DOW JONES

    29.926,94
    -346,96 (-1,15%)
     
  • FTSE

    6.997,27
    -55,35 (-0,78%)
     
  • HANG SENG

    17.748,01
    -264,14 (-1,47%)
     
  • NIKKEI

    27.129,96
    -181,34 (-0,66%)
     
  • NASDAQ

    11.520,00
    -21,75 (-0,19%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1006
    -0,0129 (-0,25%)
     

Maior navio de cruzeiro do mundo faz sua primeira viagem, mas para o ferro-velho

Global Dream II foi projetado para acomodar 9 mil passageiros em 2.500 cabines, além de 2.200 tripulantes (GREGOR FISCHER/AFP via Getty Images)
Global Dream II foi projetado para acomodar 9 mil passageiros em 2.500 cabines, além de 2.200 tripulantes

(GREGOR FISCHER/AFP via Getty Images)

  • Global Dream II, projetado para ser o maior navio de cruzeiros, faz viagem inaugural para a sucata;

  • Embarcação não foi concluída devido ao pedido de falência feito por seus construtores neste ano;

  • Navio será desmontado e enviado ao ferro-velho por não atrair compradores.

O Global Dream II, projetado para ser o maior navio de cruzeiros do mundo, fará sua primeira viagem, mas diretamente para a sucata. Por não atrair compradores, a embarcação de luxo será desmontada e enviada a um ferro-velho.

As operações iniciadas em 2018 tinham como objetivo construir um navio capaz de comportar mais de 9 mil passageiros em 2.500 cabines, além de 2.200 tripulantes. Entretanto, em janeiro, tanto seu construtor naval, o MV Werften, quanto a holding Genting Hong Kong, que administrava a empresa, entraram com pedidos de falência.

Os pedaços do Dream Global II até foram colocados à venda, mas não atraíram compradores. Havia, inclusive, um rumor de um possível leilão, informação que nunca foi confirmada pelos liquidatários. Como o estaleiro em que o navio em construção está precisa ser desocupado, já que foi vendido para uma unidade naval da Alemanha, a MV Werften teve que se livrar de seu ‘colosso dos mares’.

Antes da situação se tornar crítica, cerca de dois mil funcionários trabalhavam na construção do Global Dream II, que possuía 342 metros de comprimento, 46,4 metros de largura e 9,5 metros de calado (medida da parte submersa do navio). Seu peso era de 208 mil toneladas.

A expectativa era de que as cabines da embarcação fossem 15% maiores que as demais e contassem com softwares de reconhecimento de rosto e voz. Dentre as opções de lazer, estava um parque temático.