Mercado abrirá em 9 h 9 min
  • BOVESPA

    109.101,99
    +1.088,52 (+1,01%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.508,35
    -314,88 (-0,60%)
     
  • PETROLEO CRU

    86,29
    -0,61 (-0,70%)
     
  • OURO

    1.840,40
    -2,20 (-0,12%)
     
  • BTC-USD

    39.896,94
    -2.103,20 (-5,01%)
     
  • CMC Crypto 200

    939,78
    -55,49 (-5,58%)
     
  • S&P500

    4.482,73
    -50,03 (-1,10%)
     
  • DOW JONES

    34.715,39
    -313,26 (-0,89%)
     
  • FTSE

    7.585,01
    -4,65 (-0,06%)
     
  • HANG SENG

    24.942,09
    -10,26 (-0,04%)
     
  • NIKKEI

    27.377,44
    -395,49 (-1,42%)
     
  • NASDAQ

    14.697,25
    -143,75 (-0,97%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1347
    +0,0046 (+0,08%)
     

Gigantes de Aço vai virar série no Disney+

·2 min de leitura

Dez anos depois de sua estreia nos cinemas, a história do filme Gigantes de Aço vai ganhar uma continuação, desta vez como uma série da Disney+ e deve explorar mais desse mundo em que robôs se enfrentam em lutas de boxe.

A informação é do site Collider, que afirma que a produção ainda está em estágio bastante inicial e que não há nada concreto sobre os nomes envolvidos e nem mesmo sobre o teor da história. Como aponta a publicação, não foi confirmado nenhum roteirista para o projeto, o que significa que não está certo se o seriado vai ser uma continuação do longa de 2011 ou algo apenas inspirado naquele universo.

Gigantes de Aço apresenta personagens muito carismáticos e um mundo muito interessante que podem ser explorados na série (Imagem: Divulgação/Disney)
Gigantes de Aço apresenta personagens muito carismáticos e um mundo muito interessante que podem ser explorados na série (Imagem: Divulgação/Disney)

O filme protagonizado por Hugh Jackman não foi um sucesso estrondoso na época, mas chamou a atenção justamente por criar um mundo bem interessante e apresentar personagens carismáticos. Na trama, um ex-lutador de boxe tenta se reaproximar do filho e, para isso, usa essa luta entre robôs para criar esse vínculo — e usa sua experiência nos ringues para vencer. Em termos práticos, é quase uma mistura de Falcão: O Campeão dos Campeões com o desenho Medabots.

Segundo a página, a demora de mais de uma década para trazer uma série derivada do longa é por causa dos vários entraves legais envolvidos, já que o filme tinha vários produtores envolvidos e uma questão de direitos por ser a adaptação de um curta-metragem. Assim, o Disney+ apenas deu o sinal verde quando todos os complicadores foram superados.

E, por estar em estágio ainda inicial, é possível que ainda levemos mais algum tempo para saber o que vem por aí. Até agora, tudo o que foi confirmado é que o diretor do filme de 2011, Shawn Levy vai ser um dos produtores executivos da adaptação ao lado de Robert Zemeckis, Susan Montford e Don Murphy.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos