Mercado fechado
  • BOVESPA

    109.114,16
    -2.601,84 (-2,33%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.808,56
    -587,38 (-1,29%)
     
  • PETROLEO CRU

    76,61
    -0,10 (-0,13%)
     
  • OURO

    1.631,10
    -2,30 (-0,14%)
     
  • BTC-USD

    19.154,42
    +282,17 (+1,50%)
     
  • CMC Crypto 200

    438,96
    +5,86 (+1,35%)
     
  • S&P500

    3.655,04
    -38,19 (-1,03%)
     
  • DOW JONES

    29.260,81
    -329,60 (-1,11%)
     
  • FTSE

    7.020,95
    +2,35 (+0,03%)
     
  • HANG SENG

    17.855,14
    -78,13 (-0,44%)
     
  • NIKKEI

    26.431,55
    -722,28 (-2,66%)
     
  • NASDAQ

    11.315,75
    -0,50 (-0,00%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1666
    +0,0690 (+1,35%)
     

Fusca encontrado em casa incendiada pode valer mais de R$ 1 milhão

Fusca 1950 Split Window, importado da Alemanha, tem pouco mais de 14 mil km rodados e nunca passou por uma restauração (Getty Creative)
Fusca 1950 Split Window, importado da Alemanha, tem pouco mais de 14 mil km rodados e nunca passou por uma restauração (Getty Creative)
  • Veículo estava em imóvel que pegou fogo em São Paulo

  • Fusca 1950 Split Window tem pouco mais de 14 mil km rodados e nunca passou por uma restauração

  • Fontes afirmam que veículo já foi vendido por R$ 900 mil

Um Volkswagen Fusca que foi encontrado nos destroços de uma casa que pegou fogo em São Paulo, há cerca de dois meses, está causando alvoroço no mercado de carros clássicos. Lojistas e colecionadores consultados por uma reportagem do UOL avaliam que o veículo pode valer até R$ 2 milhões.

O Fusca 1950 Split Window, importado da Alemanha, tem pouco mais de 14 mil km rodados e nunca passou por uma restauração. Prova disso é que o carro ainda está com os pneus originais.

Durante a edição deste ano do Encontro de Autos Antigos de Águas de Lindóia, em São Paulo, um Fusca 1952 Split Window foi vendido por R$ 450 mil, quase meio milhão de reais. Este é o maior valor já pago por um Fusca no Brasil, pelo menos dentre as vendas e leilões públicos. A venda viralizou nas redes sociais, com muitos internautas sem entender como um Fusca pode valer tanto dinheiro. Alguns até chegaram a especular que o vendedor, em busca de atenção, teria falsificado o valor da venda.

"A verdade é uma só. Se o Fusca de Águas de Lindoia foi vendido por cerca de R$ 500 mil, esse de 1950 chegaria a R$ 2 milhões. Ele tem só 14 mil km rodados, é totalmente original, sem restauração, incluindo os pneus. Bingo. Não tem saída, vende mesmo. Isso prova que não existe nada caro, só gente sem dinheiro", afirmou ao UOL Robson Cimadon, dono da loja de carros antigos Século 20.

Fotos do veículo surgiram na rede recentemente. Nas imagens, o Fusca está coberto de fuligem preta, resultado do incêndio que destruiu o imóvel, no bairro do Cambuci, e causou a morte do proprietário, Windsor Constantino Felippo, um idoso que, segundo a vizinhança, era acumulador e vivia recluso há muitos anos.