Mercado abrirá em 6 h 51 min
  • BOVESPA

    117.560,83
    +362,83 (+0,31%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.326,68
    +480,88 (+1,05%)
     
  • PETROLEO CRU

    88,37
    -0,08 (-0,09%)
     
  • OURO

    1.720,80
    0,00 (0,00%)
     
  • BTC-USD

    19.965,04
    -305,65 (-1,51%)
     
  • CMC Crypto 200

    454,40
    -8,72 (-1,88%)
     
  • S&P500

    3.744,52
    -38,76 (-1,02%)
     
  • DOW JONES

    29.926,94
    -346,96 (-1,15%)
     
  • FTSE

    6.997,27
    -55,35 (-0,78%)
     
  • HANG SENG

    17.768,89
    -243,26 (-1,35%)
     
  • NIKKEI

    27.118,43
    -192,87 (-0,71%)
     
  • NASDAQ

    11.515,00
    -26,75 (-0,23%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,0952
    -0,0183 (-0,36%)
     

Foguete explode na fábrica da SpaceX, de Elon Musk

Foguete explode durante teste na SpaceX — Foto: Reprodução/ NASA Spaceflight
Foguete explode durante teste na SpaceX — Foto: Reprodução/ NASA Spaceflight
  • A equipe está avaliando os danos, disse Musk;

  • O veículo de lançamento foi construído para a espaçonave Starship de última geração;

  • Não há feridos.

Um foguete desenvolvido pela SpaceX, empresa fundada pelo bilionário Elon Musk, pegou fogo durante teste de solo na segunda-feira (11), no sul do Texas, nos EUA, e explodiu. O veículo de lançamento foi construído para a espaçonave Starship de última geração. Conforme publicado pelo G1, não há informação sobre feridos.

Na imagem, é possível ver o momento que a base do foguete é tomada pelas chamas após a explosão. Segundo Musk, a equipe da SpaceX avalia os danos causados. "Sim, na verdade não é bom. A equipe está avaliando os danos. No futuro, não faremos um teste de partida com todos os 33 motores de uma vez”, afirmou Musk no Twitter.

Segundo a Reuters, a falha ocorreu no meio de uma campanha de testes de fogo estático de um dia do booster, equipado com uma série de 33 motores Raptor para uso em um próximo voo de teste orbital.

Em junho, a NASA (Agência Espacial norte-americana) demonstrou preocupação com a possibilidade de explosão de veículos da SpaceX. A empresa de Musk acumula uma série de testes malsucedidos que já resultaram em explosões anteriores.

O temor foi compartilhado pela NASA e, segundo a chefe de operações espaciais, Kathy Lueders, a repetição de um lançamento frustrado pode ser “bastante devastadora”. Isso porque a nave Starship deve sair do Complexo de Lançamento 39A, na Flórida (EUA), a única rota que leva astronautas dos Estados Unidos à Estação Espacial Internacional. “Todos nós reconhecemos que, se você tivesse uma falha precoce como tivemos em um dos primeiros voos da SpaceX, seria bastante devastador para 39A”, disse.