Mercado fechado
  • BOVESPA

    117.669,90
    -643,33 (-0,54%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.627,67
    -560,48 (-1,16%)
     
  • PETROLEO CRU

    59,34
    -0,26 (-0,44%)
     
  • OURO

    1.744,10
    -14,10 (-0,80%)
     
  • BTC-USD

    59.384,50
    +817,44 (+1,40%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.235,89
    +8,34 (+0,68%)
     
  • S&P500

    4.128,80
    +31,63 (+0,77%)
     
  • DOW JONES

    33.800,60
    +297,03 (+0,89%)
     
  • FTSE

    6.915,75
    -26,47 (-0,38%)
     
  • HANG SENG

    28.698,80
    -309,27 (-1,07%)
     
  • NIKKEI

    29.768,06
    +59,08 (+0,20%)
     
  • NASDAQ

    13.811,00
    +63,25 (+0,46%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7625
    +0,1276 (+1,92%)
     

Facebook quer que você pare de confundir páginas oficiais com sátiras; veja como

Felipe Ribeiro
·1 minuto de leitura

O Facebook está trabalhando para lançar um recurso que promete ajudar seus usuários a não confundirem mais páginas de humor ou sátiras com as análogas oficiais. As publicações começarão a exibir, logo abaixo do nome do perfil, se ela é original ou oficial, ou se é uma sátira ou página criada por fãs.

Desse modo, o Facebook, mesmo que sem se explicar oficialmente, pretende mitigar eventuais confusões feitas pelos usuários na hora de compartilhar conteúdo. Muitas vezes isso acontece com postagens de políticos ou artistas, que regularmente ganham páginas de fãs ou de sátiras. Como sempre está na mira das autoridades, essa movimentação da empresa faz todo o sentido.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

No ano passado, o Facebook tinha feito algo parecido. A rede social passou a incluir rótulos avisando se aquela postagem era feita por um órgão governamental ou diretamente pela adminstração local.

As novas legendas em postagens devem ser liberadas para todos os usuários em breve.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: