Mercado abrirá em 9 h 2 min
  • BOVESPA

    112.273,01
    -43,15 (-0,04%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    54.521,43
    -253,48 (-0,46%)
     
  • PETROLEO CRU

    77,90
    0,00 (0,00%)
     
  • OURO

    1.940,60
    +1,40 (+0,07%)
     
  • BTC-USD

    22.894,39
    -746,46 (-3,16%)
     
  • CMC Crypto 200

    519,40
    -18,47 (-3,43%)
     
  • S&P500

    4.017,77
    -52,79 (-1,30%)
     
  • DOW JONES

    33.717,09
    -260,99 (-0,77%)
     
  • FTSE

    7.784,87
    +19,72 (+0,25%)
     
  • HANG SENG

    22.029,52
    -40,21 (-0,18%)
     
  • NIKKEI

    27.429,59
    -3,81 (-0,01%)
     
  • NASDAQ

    11.984,00
    +16,00 (+0,13%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5480
    +0,0010 (+0,02%)
     

Conheça 5 empresas que ajudam a renegociar dívidas

Plataformas ajudam a negociar dívidas. Foto: Getty Creative.
Plataformas ajudam a negociar dívidas. Foto: Getty Creative.
  • O número de inadimplentes no Brasil passou de 65 milhões em março deste ano;

  • A soma das dívidas chegou a R$ 265,8 bilhões;

  • Cartão de crédito é o maior vilão dos inadimplentes.

O número de inadimplentes no Brasil passou de 65 milhões em março deste ano. A soma das dívidas, de acordo com levantamento realizado pelo Serasa, chegou a R$ 265,8 bilhões.

Na última terça-feira (7), dados da Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (CNC), apontam que a parcela de pessoas com dívidas no país chegou a 28,7%, a oitava alta consecutiva desde outubro de 2021. Esse percentual registrado em maio é a segunda maior taxa da pesquisa realizada desde 2010. A maior foi em janeiro daquele ano (29,1%).

Um dos fatores para explicar esse cenário é o atual contexto de inflação elevada que abala o orçamento doméstico dos brasileiros e diminui o poder de compra das famílias.

Entre as principais causas de endividamento, estão o cartão de crédito, com 27,7% dos devedores em dívida por esse motivo, além das contas básicas como água, energia e gás. Estas representam 23,9% dos débitos.

Alguns sites e plataformas ajudam a renegociar as dívidas diretamente com os credores. Veja a seguir:

  1. Quite Já

  2. Serasa Limpa Nome

  3. Acordo Certo

  4. Quero Quitar

  5. Meu acerto

Quite Já

A Quite Já tem como empresas parceiras os bancos Santander e Itaú, Casas Bahia, Lojas Pernambucanas, Ponto, Mercado Livre, entre outras varejistas. Através da plataforma é possível consultar o CPF ou CNPJ e realizar a negociação das dívidas através de boletos à vista ou parcelado.

A empresa já realizou mais de 2,5 milhões de acordos. Para realizar a consulta e a negociação das dívidas, é preciso fazer um cadastro prévio no site.

Serasa Limpa Nome

A Serasa Limpa Nome é uma das plataformas de negociação de dívidas mais populares. Lá é possível negociar diretamente com os credores, emitir boletos e liquidar as dívidas. Além disso, é permitido gerenciar os acordos, conferir o status de parcelamento e conseguir descontos de até 99% com condições especiais de acordo com o parceiro. A plataforma permite a negociação com mais de 200 empresas e bancos do país.

Estima-se que sejam 62 milhões de inadimplentes beneficiados com as oportunidades oferecidas.

Acordo Certo

Assim como a Serasa Limpa Nome, a Acordo Certo permite descontos de até 90% nas negociações de dívidas. A fintech possui parceria com mais de 30 empresas credoras, como a Claro, Banco Santander, Lojas Renner, Riachuelo, Itaú, entre outras. São mais de 446 mil acordos de dívidas fechados por mês e cerca de 20 milhões de clientes cadastrados na plataforma.

Quero Quitar

Fundada em 2015, a Quero Quitar promete negociar sua dívida com o credor em até dois minutos. Através de 4 passos que incluem localizar a dívida com as empresas parceiras, ver as opções de descontos e parcelamentos, escolher a melhor condição de pagamento e por fim, pagar diretamente ao credor, a empresa concede acordos com até 80% de desconto nas dívidas. Dependendo do credor, é possível parcelar a conta em até 36 vezes.

Meu Acerto

A Meu Acerto é uma plataforma 100% digital de negociação de dívidas que tem parceria com empresas e bancos como Bradesco, BMG, Banco Original, C6 Bank, entre outros. As condições de descontos variam de acordo com a empresa credora e o parcelamento pode ficar entre 24 e 48 vezes. Além disso, a Meu Acerto permite a retirada do nome dos órgãos de proteção ao crédito a partir do pagamento da primeira parcela da dívida.