Mercado fechado
  • BOVESPA

    117.560,83
    +363,01 (+0,31%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.326,68
    +480,88 (+1,05%)
     
  • PETROLEO CRU

    88,95
    +0,50 (+0,57%)
     
  • OURO

    1.720,50
    -0,30 (-0,02%)
     
  • BTC-USD

    19.959,08
    -175,61 (-0,87%)
     
  • CMC Crypto 200

    456,11
    -7,01 (-1,51%)
     
  • S&P500

    3.744,52
    -38,76 (-1,02%)
     
  • DOW JONES

    29.926,94
    -346,93 (-1,15%)
     
  • FTSE

    6.997,27
    -55,35 (-0,78%)
     
  • HANG SENG

    18.012,15
    -75,82 (-0,42%)
     
  • NIKKEI

    27.311,30
    +190,80 (+0,70%)
     
  • NASDAQ

    11.518,75
    -23,00 (-0,20%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,0972
    -0,0163 (-0,32%)
     

Cometa gigante e Superlua serão visíveis este mês

Superlua vista do Rio de Janeiro (Photo by Fabio Teixeira/Anadolu Agency via Getty Images)
Superlua vista do Rio de Janeiro (Photo by Fabio Teixeira/Anadolu Agency via Getty Images)
  • Superlua do dia 13 será a maior do ano;

  • Cometa K2 tem sua origem nas fronteiras do nosso sistema solar;

  • Bom tempo e céu aberto serão necessários para visualização dos fenômenos.

O mês de julho chegou e ele está repleto de boas observação astronômica para se fazer, como a segunda e maior Superlua do ano e a passagem do cometa K2, um dos maiores que já foram descobertos.

A Superlua acontecerá no 13, quarta-feira. Ela será a maior Superlua do ano e ficará visível a olho nu se as condições metereológicas permitirem. Também chamada de "Lua dos Cervos", por acontecer no mesmo período que os chifres começam a nascer na cabeça dos cervos nos Estados Unidos, prevê-se que ela começará a ficar visível a partir das 15h38 (horário de Brasília).

o cometa K2 acontecerá no dia seguinte, 14 de julho. Também conhecido como "PanSTARSS", ele tem origem na Nuvem de Oort, a qual os astrônomos definem como a fronteira entre nosso sistema solar e o "espaço interestelar".

Descoberto em maio de 2017, seu tamanho ainda é uma aproximação entre 14 e 80 quilômetros de raio. Sua cauda, porém, possui cerca de 800 mil quilômetros, o que o torna um objeto de grande escala.

O cometa PanSTARSS será visível apenas com equipamentos como binóculos e telescópios a partir da noite, por volta das 18h49, atingindo seu ponto mais alto no céu às 21h39 e ficando observável até às 02h11 da madrugada. Ele deverá passar na direção leste, ficando a cerca de 1,8 unidade astronômica (UA) de distância, ou cerca de 270 milhões de quilômetros.

Com um brilho de 9 pontos de magnitude, o cometa só estará visível com um céu aberto e tempo bom.