Mercado fechado

Imposto de Renda 2022: Calendário de restituição é mantido

·1 min de leitura
Quanto mais cedo for enviada a declaração do Imposto de Renda, maiores são as chances de receber uma possível restituição antes
Quanto mais cedo for enviada a declaração do Imposto de Renda, maiores são as chances de receber uma possível restituição antes (Getty Image)
  • Receita vai pagar as restituições em 5 lotes do Imposto de Renda a partir de maio

  • O órgão prorrogou o prazo de entrega da declaração neste ano

  • As restituições começarão a ser pagas no fim de maio

Após prorrogar o prazo de entrega da declaração do Imposto de Renda 2022, a Receita Federal anunciou que manteve o calendário de restituições. "As restituições seguirão o cronograma anterior, sem alteração", informou a nota divulgada pelo órgão.

Organizadas em cinco lotes de pagamentos, as restituições começarão a ser pagas no fim de maio e vão até setembro.

A priorização das restituições serão realizadas pela data de entrega da declaração do Imposto de Renda. Isso significa que quanto mais cedo a declaração for enviada, maior a chance de receber os valores de eventual imposto a restituir antes.

Idosos, pessoas com deficiência, portadores de doenças graves e professores terão prioridade na restituição. Para calcular o valor pago ou da restituição é levada em consideração a soma de todos os rendimentos e na faixa de renda do contribuinte.

Confira o calendário de restituições do Imposto de Renda 2022:

  • 1º lote: 31 de maio

  • 2º lote: 30 de junho

  • 3º lote: 30 de julho

  • 4º lote: 31 de agosto

  • 5º lote: 30 de setembro