Mercado abrirá em 7 h 12 min

Brasil tem a 3ª maior inflação entre as grandes economias; veja ranking

Projeção atual do mercado financeiro é de uma inflação de 7,89% em 2022
Projeção atual do mercado financeiro é de uma inflação de 7,89% em 2022
  • Entre os países do G20, o Brasil só "perde" para Turquia e Argentina;

  • Estados Unidos fica em 4º lugar, com 8,5% de inflação acumulada;

  • Atualmente a inflação brasileira está em 11%.

O Brasil tem a terceira maior inflação entre as maiores economias do mundo, mostra um relatório divulgado nesta quarta-feira (4) pela OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico). Com inflação em 11,3%, o país só fica atrás da Turquia, com 61,1% e da Argentina, com 55,1%.

A inflação brasileira, medida pelo IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo), atingiu 11,3% no acumulado em 12 meses até março. O índice é o maior para março em 28 anos, com maior peso no preço dos combustíveis.

A projeção atual do mercado financeiro é de uma inflação de 7,89% em 2022. No entanto, desde o ano passado, os analistas já preveem que o IPCA fechará pelo 2º ano seguido acima do teto da meta do governo, que tinha sido fixada em 3,5% para 2022.

Veja abaixo a inflação nas maiores economias do mundo:

1. Turquia: 61,1%

2. Argentina: 55,1%

3. Brasil: 11,3%

4. Estados Unidos: 8,5%

5. União Europeia: 7,8%

6. México: 7,5%

7. Alemanha: 7,3%

8. Canadá: 6,7%

9. Itália: 6,5%

10. Reino Unido: 6,2%

11. África do Sul: 6,1%

12. Índia: 5,4%

13. Austrália: 5,1%

14. França: 4,5%

15. Coreia do Sul: 4,1%

16. Indonésia: 2,6%

17. Arábia Saudita: 2%

18. China: 1,5%

19. Japão: 1,2%

G20*: 7,9%

G7: 7,1%

OCDE: 8,8%

*A Rússia foi incluída nas estimativas do G20

Na prática, o G20 representa a reunião dos principais atores da economia mundial para trabalhar juntos e evitar crises, já que o comércio e as medidas tomadas por um país podem afetar os demais, devido à globalização.

A organização destacou a forte pressão dos preços de energia, cuja inflação subiu para 33,7% em 12 meses, a taxa mais elevada desde maio de 1980. No conjunto de países da OCDE, que inclui todas as economias desenvolvidas e algumas emergentes, a inflação em 12 meses atingiu 8,8% em março, ante 7,8% em fevereiro – nível mais alto desde outubro de 1988.

Os únicos outros países da organização (mas que não estão entre as maiores economias) com taxa anual acima de 10% são Lituânia (15,7%), Estônia (15,2%), República Tcheca (12,7%), Letônia (11,5%), Polônia (11%) e Eslováquia (10,4%).

No grupo G20, a taxa ficou em 7,9%, contra 6,8% no mês anterior. No G7, passou para 7,1%, vindo de 6,3%.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos