Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.036,79
    +2.372,44 (+2,20%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.626,80
    -475,75 (-1,05%)
     
  • PETROLEO CRU

    79,74
    -1,49 (-1,83%)
     
  • OURO

    1.668,30
    -0,30 (-0,02%)
     
  • BTC-USD

    19.387,48
    -72,25 (-0,37%)
     
  • CMC Crypto 200

    443,49
    +0,06 (+0,01%)
     
  • S&P500

    3.585,62
    -54,85 (-1,51%)
     
  • DOW JONES

    28.725,51
    -500,10 (-1,71%)
     
  • FTSE

    6.893,81
    +12,22 (+0,18%)
     
  • HANG SENG

    17.222,83
    +56,96 (+0,33%)
     
  • NIKKEI

    25.937,21
    -484,84 (-1,83%)
     
  • NASDAQ

    11.058,25
    -170,00 (-1,51%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,3079
    +0,0099 (+0,19%)
     

Astromóvel da NASA tem uma “pedra de estimação” em uma das rodas

Astromóvel da NASA tem uma “pedra de estimação” a 4 meses alojada em uma das rodas (Foto: Getty Images)
Astromóvel da NASA tem uma “pedra de estimação” a 4 meses alojada em uma das rodas (Foto: Getty Images)
  • O Astromóvel Perseverance da NASA explora a superfície de Marte;

  • O objeto foi coletado involuntariamente enquanto o veículo percorria uma cratera;

  • A rocha estabeleceu um recorde, ao pegar carona no rover espacial há pelo menos quatro meses.

O Astromóvel Perseverance da NASA, apelidado de Percy, recebeu um hóspede indesejado enquanto inspecionava a superfície de Marte em fevereiro. Trata-se de uma pedra que se alojou dentro de sua roda traseira e, surpreendentemente, ainda está lá.

O rover espacial está explorando o local desde fevereiro de 2021, selecionando rochas e amostras para trazer de volta à Terra para serem estudadas. Provavelmente a “parceria” entre a pedra e o veículo se iniciou na Cratera Jezero, um gigantesco buraco com 45 quilômetros de largura que possivelmente foi preenchido com água. Acredita-se rocha deve ter se alojado na roda inadvertidamente durante a exploração do local.

Com isso, a pedra em questão está viajando com Percy há pelo menos quatro meses, que é o mais longo que um rover já esteve em um rover de Marte. Até o momento, os dois percorreram juntos mais de 8,5 quilômetros de distância.

O Mars Perseverance Rover da NASA tem seis rodas, cada uma movida por seu próprio motor individual. Para a combinação certa de força, peso e resiliência, as rodas são construídas em alumínio, com alguns componentes de titânio. Isso os torna fortes o suficiente para suportar o choque e a raspagem da rocha.

Esta não é a primeira vez que uma pedra pega carona em uma missão de rover em Marte. Cerca de 18 anos atrás, uma pedra “ do tamanho de uma batata ” encontrou seu caminho na roda traseira direita do rover Spirit e teve que ser desalojada.

Já no rover Curiosity, a roda dianteira direita periodicamente pega seu próprio companheiro de viagem. Embora não esteja claro exatamente por quanto tempo essas rochas permaneceram, elas tendiam a pular depois de algumas semanas. O atual companheiro de Perseverance está, portanto, a caminho de estabelecer recordes de carona em Marte.