Mercado fechará em 2 h 44 min
  • BOVESPA

    110.219,14
    -361,65 (-0,33%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.629,26
    +325,22 (+0,63%)
     
  • PETROLEO CRU

    110,09
    +0,32 (+0,29%)
     
  • OURO

    1.842,50
    -22,90 (-1,23%)
     
  • BTC-USD

    29.562,93
    +301,41 (+1,03%)
     
  • CMC Crypto 200

    657,31
    -13,69 (-2,04%)
     
  • S&P500

    3.947,84
    +6,36 (+0,16%)
     
  • DOW JONES

    31.893,55
    -35,07 (-0,11%)
     
  • FTSE

    7.522,75
    +38,40 (+0,51%)
     
  • HANG SENG

    20.171,27
    +59,17 (+0,29%)
     
  • NIKKEI

    26.677,80
    -70,34 (-0,26%)
     
  • NASDAQ

    11.823,25
    +52,25 (+0,44%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1771
    +0,0049 (+0,09%)
     

Asteroide maior que o Empire State Building se aproxima da Terra, diz NASA

Um asteroide maior que o Empire State Building de Nova York se aproxima da Terra. Foto: Getty Images.
Um asteroide maior que o Empire State Building de Nova York se aproxima da Terra. Foto: Getty Images.
  • A NASA afirma que um asteroide maior que Empire State Building de Nova York passará ‘próximo’ da Terra;

  • Segundo cientistas da agência espacial, o asteroide pode passar 'próximo' do planeta a uma distância de menos 5,8 milhões de km;

  • A agência espacial já vem explorando diversas opções de defesas contra asteroides.

O eclipse lunar total, conhecido também como ‘Lua de Sangue’, acontecerá entre a noite deste domingo (15) e a madrugada de segunda-feira (16). Contudo, a NASA alega que outro 'evento astronômico' acontecerá horas antes.

Segundo a agência espacial, o asteroide 2008 TZ3, que tem 490 metros de largura e 440 metros de altura passará ‘perto’ da Terra. A fim de comparação, o objeto espacial é 50 metros maior que o Empire State Building de Nova York, nos Estados Unidos.

Leia também:

De acordo com a NASA, o asteroide é classificado como ‘potencialmente perigoso’ por causa de suas passagens próximas previstas.

Segundo a agência, quando um objeto do gênero se aproxima da Terra dentro de 7,5 milhões de km de distância, sendo maior que um tamanho específico, já pode ser considerado problemático. A NASA também afirma que o asteroide deve passar pelo planeta a uma velocidade de 29 mil km/h.

A agência espacial vem explorando diversas opções de defesas contra esses objetos espaciais. Em novembro do ano passado foi lançada uma missão chamada ‘Teste de Redirecionamento de Asteroide Duplo' (DART, na sigla em inglês).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos