Mercado fechado

1 em cada 3 pessoas em SP tem familiar vítima de golpe bancário, diz Datafolha

Datafolha mostra que 1 em cada 3 pessoas em SP diz ter um familiar que foi vítima de fraude bancária. Foto: Getty Images.
Datafolha mostra que 1 em cada 3 pessoas em SP diz ter um familiar que foi vítima de fraude bancária. Foto: Getty Images.
  • Pesquisa Datafolha feita entre 28 e 30 de junho entrevistou 1.806 pessoas em 61 municípios do estado de São Paulo;

  • A pesquisa mostra que um em cada três moradores de SP tem um familiar que já foi vítima de golpe bancário;

  • Somente em maio deste ano, cerca de 331 mil brasileiros sofreram com tentativas de fraude bancária, mostra Indicador Serasa Experian.

Pesquisa Datafolha realizada entre 28 e 30 de junho aponta que um em cada três moradores do estado de São Paulo tem um familiar que já foi vítima de fraude bancária ou teve dinheiro desviado de conta.

Segundo a sondagem, 33% dos entrevistados afirmaram que conhecem alguém que passou pela situação, enquanto 65% alega que nunca teve um familiar que sofreu esse golpe.

Leia também:

A pesquisa ouviu 1.806 pessoas em 61 municípios de São Paulo. De todos os entrevistados entre 16 e 24 anos, 43% afirmaram que conhecem alguma vítima de fraude bancária. A porcentagem foi igual para pessoas que terminaram o ensino médio.

Na Grande São Paulo, o número baixa para 38%. Enquanto isso, no interior do estado, somente 28% das pessoas ouvidas disseram que conhecem algum familiar vítima do golpe.

Fraudes bancárias aumentaram na pandemia

Nos últimos dois anos, por causa da pandemia, uma grande parcela da população precisou utilizar meios digitais para diversos procedimentos bancários, como pagamento de contas e transferências. Contudo, a nova realidade permitiu, junto com a necessidade do auxílio emergencial, um cenário inédito para fraudes.

Segundo o Indicador Serasa Experian, 331 mil brasileiros sofreram tentativas de golpes apenas em maio deste ano.

O levantamento mostra que o alvo principal dos criminosos foi o setor de bancos e cartões, compondo 53% de todas as tentativas de fraude.

*Com informações da Folha de S. Paulo.