Mercado abrirá em 9 h 39 min

Primeiro-ministro português diz que não se opõe a proposta chinesa pela EDP

LISBOA, (Reuters) - O governo português não tem objeções à oferta de investidores chineses para tomar o controle da maior concessionária de energia do país, a EDP Energias de Portugal, disse o primeiro-ministro Antonio Costa a repórteres nesta sexta-feira. Anteriormente, a agência reguladora do mercado de ações suspendeu a negociação de ações da EDP após fontes e reportagens afirmarem que um grupo chinês liderado pelo maior acionista da EDP, a China Three Gorges, deveria fazer uma oferta de aquisição da empresa. ...