Mercado fechado

CEO da Petrobras defende Lava Jato após empresa recuperar recursos desviados

CEO da Petrobras defende Lava Jato após empresa recuperar recursos desviados

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Petrobras vai buscar ressarcimento de todos os recursos perdidos com corrupção, afirmou nesta quinta-feira o presidente da petroleira estatal, que defendeu a operação Lava Jato na cerimônia em Curitiba que marcou a devolução de mais 654 milhões de reais desviados da estatal. Pedro Parente afirmou que, com o novo montante recuperado, a empresa já obteve de volta, desde 2015, cerca de 20 por cento das perdas apuradas em balanço por desvios relacionados à corrupção investigada pela Lava Jato. ...