Mercado fechado
1 / 13

Mansão de ex-banqueiro vai a leilão pela segunda vez

Mansão de ex-banqueiro vai a leilão pela segunda vez

Mansão de ex-banqueiro vai a leilão pela segunda vez

Pela segunda vez, a mansão do ex-banqueiro Edemar Cid Ferreira, ex-dono do Banco Santos, vai a leilão. O imóvel, que fica no Morumbi, será vendido em novembro e o dinheiro será utilizado pra quitar dívidas com mais de dois mil credores que desejam recuperar prejuízos com o Banco Santos. “Trata-se de um leilão dentro de uma massa falida. Então, o dinheiro arrecadado serve para pagar credores, para pagar toda a parte de dívidas inerentes ao Banco Santos, esse dinheiro serve para quitá-los”, explica o leiloeiro Renato Moysés. A primeira tentativa de venda do imóvel não houve interessados.

O espaço foi projetado pelo arquiteto Ruy Ohtake e está vazio desde 2011. Por dentro, ele conta com um pé direito de nove metros de altura, diversas salas, biblioteca, 34 banheiros, adega para mais de 5 mil garrafas e piscinas dentro e fora da casa. O lance inicial é de cerca de R$ 78 milhões. Para manter a casa, são necessários, no mínimo, R$ 500 mil por mês.

Além da mansão no Morumbi, serão leiloados quatro lotes na Marginal Pinheiros, com lance inicial de R$ 53 milhões.