Mercado fechado
1 / 5

Empresa vai testar avião supersônico em 2018

Divulgação

Empresa vai testar avião supersônico em 2018

Em pouco tempo, viajar para lugares distantes pode levar apenas algumas horas. De acordo com o site The Market Mogul, a Boom Supersonics, uma empresa dos Estados Unidos que fabrica aviões supersônicos, anunciou nesta semana que pretende testar a aeronave até o ano que vem. O modelo, que recebeu o nome de Boom XB-1, consegue cruzar o Atlântico em apenas três horas, com velocidade de até 2.714 km/h.
“Desde a invenção do motor a jato na década de 1950, vimos um progresso mensurável em quase todas as áreas do conhecimento humano. No entanto, o que era um vôo de cinco horas em 1950 ainda leva cinco horas em 2017”, explica Blake Scholl, fundador da empresa, em um evento recente.

O avião supersônico mede mais ou menos o tamanho de um modelo comum e é capaz de levar até 55 pessoas por viagem. De acordo com a fabricante, empresas aéreas já fizeram encomendas de 76 unidades do jato. Outras 20 estão sendo negociadas com outras empresas. Uma versão menor do Boom XB-1 será testada até o final do ano que vem e, até 2025, o modelo completo deve estar funcionando, segundo a estimativa da companhia.

Alta velocidade

O primeiro avião supersônico comercial do mundo foi o Concorde, lançado em 1969. Na época, ele conseguiu reduzir pela metade o tempo gasto com viagens, mas o modelo foi descontinuado depois de um acidente em 2000 que matou mais de 100 pessoas. O último voo foi realizado em 2003. Com o Boom XB-1, a Boom Supersonics promete sanar alguns dos problemas que a outra aeronave apresentava. O som, por exemplo, que no Concorde era capaz de quebrar vidraças, no novo supersônico não é maior que o produzido por modelos comuns. O tamanho também será mantido.

Não há informações detalhadas sobre a construção do avião.