Mercado fechado
1 / 5

R$ 1,6 bilhão com alugueis de prédios públicos

O governo gasta R$ 1,6 bilhão por ano com alugueis de prédios públicos, mesmo sendo dono de mais de 10 mil imóveis vazios, segundo dados do Ministério do Planejamento.
“O governo, em muitos casos, não tem muita opção. Temos o orçamento mais engessado do mundo. O pouco que o governo pode decidir é a parte do investimento público, que é ínfima perto do restante. A maioria das nossas despesas são obrigatórias, desde 1988”, explica Ulisses Ruiz de Gamboa, professor de economia da universidade presbiteriana Mackenzie.
Para o especialista, além da Reforma Tributária, o Brasil precisa fazer uma reforma no seu orçamento. “É um absurdo o que vivemos. É como se tivéssemos uma série de despesas pessoais obrigatórias sem que pudéssemos cortar nada. É muito complicado lidar com a rigidez da Constituição, que foi se acentuando ao longo dos anos”, disse. (Reprodução)

Confira cinco gastos bilionários do Governo Federal

Por Victor Lima

Um estudo realizado em março pelo Tesouro Nacional mostra que o nível de engessamento do Orçamento nacional chegou a 94% em 2017. Ou seja, praticamente toda a base de recursos brasileiros são destinados a gastos obrigatórios.

O problema é que alguns destes gastos não fazem sentido e poderiam muito bem ser reduzidos. Podemos citar gastos obrigatórios como salários de funcionários públicos e benefícios previdenciários. Porém, há outros que nem todo brasileiro está ciente, como gastos com feiras e até alugueis de imóveis sendo que possui milhares vazios.

Relembre alguns casos onde o dinheiro público não foi corretamente utilizado ao longo do governo do presidente Michel Temer: