Mercado abrirá em 9 h 34 min

Já é 2021: veja as colorações que vão dominar os cabelos no ano que chega

Elisa Soupin

O ano de 2020 foi de ficar em casa, assistir live, maratonar séries, filmes, mas com a expectativa iminente da vacina, todo mundo já começa a pensar em dar close por aí. E, se esse ano as madeixas ficaram com os cortes e a coloração vencidos, em 2021, os fios vão dar muita pinta, com cor e técnicas para lá de caprichadas para deixar os bad hair days totalmente para trás. Veja tendências que devem bombar no ano que se aproxima. Adeus ano velho, feliz cores novas!

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus e-mails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

“Carioca glow”

Sabe aquele cabelo com um ar super natural, que tem uma cor que realça a tonalidade original dos fios, com cara de que foi à praia e pegou sol? Essa é a proposta da técnica “carioca glow”, desenvolvida por Gabi Balan, do salão TP Beauty Lounge.

Por lá, o estilo leve e despojado das cariocas não fica só nas tendências de moda. “Essa técnica mantém a raiz mais natural e cria diferentes tons de mechas, como se fosse o sol que tivesse aberto esses fios. Então, a tonalidade é mais quente, mas todas as mechas são da mesma paleta, em um estilo tom sobre tom, que cria um contraste bonito”, diz. Não é necessário mexer na raiz do cabelo, a menos que a cliente queira cobrir os brancos ou mudar de vez.

São várias as vantagens da técnica de Gabi: o tempo para o cabelo ficar pronto não costuma ultrapassar as duas horas, não se usa papel, e a melhor parte é que, por se aproximar bastante dos tons naturais, não é necessária muita manutenção: duas vezes ao ano basta, já que a tendência passa longe daquele efeito marcado nas madeixas.

Leia também

Money piece

Essa tendência pode ser usada de forma delicada e discreta ou como um super destaque, que torne o seu visual bem marcante: se trata daquelas mechinhas de cabelo que contornam o rosto. Vai do gosto de quem usa: pode ser apenas alguns tons mais claros, só para dar um realce, ou super destacadas e até coloridonas.

“Essa tendência nasceu nos anos 90 e era uma técnica conhecida por iluminar o rosto. A Ginger Spice usou muito e a Jenniffer Aniston também em Friends. Essa tendência está voltando, e recentemente, as mais moderninhas começaram a querer essa mecha bem mais clara do que o restante do cabelo”, conta Caio Costa expert do salão Fil Hair & Experience, que conta que a Dua Lipa ajudou a popularizar a tendência.

Caio explica, ainda, que a mecha, que antes era só frontal, agora está se “espalhando” pelo resto da cabeça. “Conforme a gente começou a usar essa técnica no salão, essa mecha começou a mudar de lugar, às vezes ela é na altura da têmpora, às vezes pega a nuca toda, é uma tendência que pode ir se deslocando da franja para outros lugares do cabelo”, diz Caio, que vê uma preferência entre suas clientes por mechas descoloridas, quase brancas, que se destaquem bem do restante do cabelo.

Candy colors

Nada de cabelo basiquinho por aqui! Quem aderi a essa tendência vai se destacar na multidão. “As cores que mais estão em alta são rosa, verde e amarelinho”, conta Caio Costa, que adora trabalhar com cores fantasia, mas avisa: “Precisa ficar sempre retocando a cor, porque essas cores desbotam com muita facilidade. Quando desbota, ele tende a ir para o descolorido. Mas as cores nem sempre saem 100%, cores mais frias, como verde e azul não saem totalmente”, conta ele.

Nesse processo em que o cabelo não está mais com a cor fantasia original, mas ainda não chegou no descolorido, dá para aproveitar os tons que surgem e curtir, indica Caio. “Tenho percebido que depois da quarentena, as pessoas têm ficado mais à vontade para mudar o cabelo e assumir a própria personalidade, usando o cabelo como um acessório”, diz o hairstylist, que afirma que a moda vai para muito além do verão.

Lindo de morrer, né? Mas dá trabalho, alerta o profissional. “Os cabelos candy são trabalhosos porque desbotam muito. É importante ter cuidado com o tratamento do cabelo e usar produtos específicos para cabelos coloridos”, diz ele, que coloca um pouco de pigmento dentro de shampoos específicos vendidos no estabelecimento em que trabalha para ajudar as clientes a fazerem a manutenção da cor em casa. Se quiser pintar, tenha em mente que três verbos terão que fazer parte da sua rotina: hidratar, nutrir, reconstruir. E repete.