Finanças Pessoais

(Arquivo) O ex-chefe do FMI Rodrigo Rato

Ex-diretor-gerente do FMI é condenado a quatro anos e meio de prisão

Rodrigo Rato, ex-chefe do Fundo Monetário Internacional (FMI), foi condenado nesta quinta-feira em Madri a quatro anos e meio de prisão por desvio de dinheiro nos bancos espanhóis que presidiu entre 2010 e 2012.