Posts do blog de Tainah Fernandes

  • Juros devem subir em abril e em julho, segundo a pesquisa do BC

    Após chegar ao consenso de que a Selic voltará a subir 0,50 ponto porcentual na reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) de abril, o mercado financeiro espera mais uma elevação da taxa básica de juros no encontro de julho. No sistema de expectativas do boletim Focus, pode-se observar que a mediana para o indicador subiu de 13,13% para 13,25% em abril e que deve permanecer nesse nível na reunião de junho. Já em julho, é aguardada uma nova alta, para 13,50% ao ano - até a semana passada, a expectativa era de manutenção da taxa em 13,25% ao ano até outubro.

    Pela abertura das previsões do mercado, nota-se que os analistas estão divididos sobre o retorno da Selic para 13,25% no encontro de setembro, já que a taxa apontada está em 13,38%. O consenso é de que essa diminuição certamente já será vista no Copom de outubro e que os juros básicos continuarão nesse patamar até o final do ano.

    O mercado continua aguardando que a primeira ação de política monetária em 2016 é de uma nova redução

    Saiba mais »de Juros devem subir em abril e em julho, segundo a pesquisa do BC
  • Focus revisa alta de preços administrados para 13% em 2015

    Centro das discussões sobre o rumo da inflação deste ano, as projeções para os preços administrados no Relatório de Mercado Focus divulgado nesta segunda-feira, 30, pelo Banco Central, avançaram de 12,60% na semana passada para 13,00% agora. Um mês antes, a mediana estava em 11,00%. Esta foi a 16ª semana consecutiva em que houve revisão das projeções para cima e há quem diga que o levantamento Focus ainda está atrasado. Para o BC, a alta desse conjunto de preços deve ficar circunscrita ao primeiro trimestre.

    Já para 2016, a expectativa no boletim Focus é a de que a pressão para a inflação desse conjunto de itens seja menor. A mediana das estimativas continuou em 5,50% pela sétima vez consecutiva.

    Superávit

    Minguadas, as projeções do mercado financeiro para a balança comercial voltaram a apresentar melhora para 2015 no Focus. A mediana das estimativas para o saldo comercial em 2015 subiu de um saldo positivo de US$ 3,50 bilhões para US$ 4 bilhões - um mês antes essa previsão estava em

    Saiba mais »de Focus revisa alta de preços administrados para 13% em 2015
  • Os 10 melhores aeroportos para se fazer compras

    SÃO PAULO – Se você é daqueles que adora um free shop ou se diverte com as lojas que têm nos aeroportos enquanto espera o seu voo, deveria fazer uma escala no Heathrow Airport, em Londres.

    O local foi eleito pelo SkyTrax como o melhor aeroporto para se fazer compras. Em segundo lugar ficou o Aeroporto Changi, em Cingapura.

    Confira o ranking completo:

    Posição Aeroporto Local
    Fonte: SkyTrax
    1º lugar Heathrow Airport Inglaterra
    2º lugar Singapore Changi Cingapura
    3º lugar Hong Kong Hong Kong
    4º lugar Dubai Emirados Árabes Unidos
    5º lugar Paris CDG França
    6º lugar Incheon Coreia do Sul
    7º lugar Amsterdam Schiphol Países Baixos
    8º lugar Munich Alemanha
    9º lugar Taiwan Taoyuan China
    10º lugar Tokyo Haneda Japão
    Saiba mais »de Os 10 melhores aeroportos para se fazer compras
  • A Bovespa começou o pregão no azul nesta segunda-feira, 30, afinada com Wall Street e as bolsas europeias, mas o fator político deve manter a cautela nos negócios. No exterior, apesar dos temores de um calote pela Grécia, as bolsas avançam diante dos sinais de que mais estímulos monetários poderão ser adotados na China e de que o Federal Reserve deve conduzir o aperto monetário no país de forma gradual. O resultado do Governo Central de fevereiro (14h30) também está no foco, pois a melhora no front fiscal é uma das condicionantes para que o Brasil não seja rebaixado da categoria grau de investimento para grau especulativo.

    Às 10h31, o Ibovespa subia 1,09, aos 50.642,23 pontos, na máxima. Em Nova York, o Dow Jones tinha alta de 1,02%, o Nasdaq subia 0,76% e o S&P 500 avançava 0,73%. Na Europa, a Bolsa de Londres estava em +0,46%; a de Paris, em +0,87%; e Frankfurt subia 1,40%.

    As bolsas nova-iorquinas também recebiam influência positiva de indicadores divulgados nesta manhã, com o

    Saiba mais »de Bovespa sobe com NY, mas política deve manter cautela de investidor
  • Gastos dos consumidores dos EUA sobem 0,1% em fevereiro

    Os gastos dos consumidores dos EUA aumentaram modestamente em fevereiro, com alta de 0,1% em fevereiro ante janeiro, considerando-se ajustes sazonais, segundo dados do Departamento do Comércio. O resultado veio um pouco pior que a expectativa de analistas consultados pela Dow Jones Newswires, que previam avanço de 0,2% nos gastos.

    Segundo o relatório, o resultado sugere que os norte-americanos estão poupando mais, um sinal de que o consumo está mais cauteloso e que pode conter o crescimento econômico dos EUA.

    A renda pessoal, por sua vez, subiu 0,4% na comparação mensal de fevereiro. O dado veio acima do esperado, visto que os analistas previam acréscimo de 0,3% na renda.

    Os gastos com consumo respondem por cerca de 70% da atividade econômica dos EUA e são um importante motor do crescimento econômico.

    Os números de janeiro não sofreram revisão e continuaram mostrando queda de 0,2% nos gastos ante dezembro e aumento de 0,3% na renda pessoal.

    O Departamento do Comércio informou também que os

    Saiba mais »de Gastos dos consumidores dos EUA sobem 0,1% em fevereiro
  • Bolsa de São Paulo em alta de 0,80%

    São Paulo, 30 mar (EFE).- O Ibovespa abriu nesta segunda-feira em alta e nas primeiras negociações do pregão avançava 0,80%, aos 50.497 pontos, com uma alta generalizada dos títulos do setor elétrico.

    Na taxa de câmbio comercial, o dólar abriu em alta de 1,04%, cotado a R$ 3,271 para a compra e R$ 3,273 para a venda. EFE

  • Marcelo Di Lorenzo é eleito diretor de relações com da Marfrig

    O conselho de administração da Marfrig elegeu nesta segunda-feira, 30, Marcelo Di Lorenzo como diretor de relações com investidores, em substituição a Ricardo Florence dos Santos, que renunciou ao cargo. O mandato de Lorenzo irá até 7 de maio de 2016, na mesma data do fim do mandato da diretoria eleita em 6 de maio de 2013.

    Ricardo Florence dos Santos permanece, no entanto, como diretor administrativo e financeiro da companhia. A diretoria da Marfrig é composta agora por seis membros, com Martin Secco Arias na presidência, Heraldo Geres na diretoria jurídica, e Tang David e Rodrigo Marçal Filho em diretorias sem designação específica.

  • Jerusalém, 30 mar (EFE).- O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, afirmou nesta segunda-feira que as potências mundiais que negociam em Lausanne (Suíça) com Teerã para frear seu programa nuclear estão premiando o Irã por suas agressões.

    "O acordo que estão preparando em Lausanne envia a mensagem de que as agressões não têm castigo, ao contrário, o Irã obtém um prêmio", disse Netanyahu durante um ato, segundo um comunicado do Escritório do Primeiro-ministro.

    "Os países moderados e responsáveis na região, principalmente Israel, mas também outros países, serão os primeiros a ser danificados com este acordo", disse.

    O chefe do Executivo israelense ressaltou que fica impossível compreender como o grupo de potências reunidas em Lausanne olha para outro lado ao ver a atual agressão do Irã no Iêmen, onde forças iranianas apoiam os rebeldes houthis.

    "Mas nós (em Israel) não fecharemos os olhos, e seguiremos atuando contra qualquer ameaça geração após geração", esclareceu.

    Saiba mais »de Netanyahu diz que potências em Lausanne premiam o Irã por suas agressões
  • Nova York, 30 mar (EFE).- O petróleo do Texas (WTI) para entrega em maio abriu nesta segunda-feira em queda de 1,23% (-US$ 0,60) e, às 9h05 locais (10h05 de Brasília), estava cotado a US$ 48,27 o barril na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex). EFE

  • A Grécia e seus credores ainda possuem dificuldades para chegar a um acordo para a lista de reformas econômicas que são consideradas necessárias para o país receber uma nova parcela de ajuda.

    Nesta segunda-feira, há uma grande foco sobre os esforços do governo grego. Após a entrega da lista provisória de ações de reformas econômicas e fiscais na sexta-feira à noite, autoridades da zona do euro afirmaram durante o fim de semana que as propostas apresentadas por Atenas não foram suficientemente detalhadas. A expectativa é que a lista final da Grécia seja entregue hoje.

    Margaritis Schinas, porta-voz da Comissão da União Europeia, disse nesta segunda-feira que apesar do trabalho contínuo no final de semana, um acordo amplo sobre as reformas "requer um trabalho muito técnico".

    O primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, eleito em janeiro, foi autorizado a apresentar as suas próprias medidas de reformas, mas somente se abranger as prioridades exigidas pelos credores. Um acordo com os credores

    Saiba mais »de Grécia e credores ainda têm dificuldades para a acordo sobre reformas econômicas

Paginação

(192.368 artigos)