Update privacy choices
Finanças

Saiba quais são os alimentos mais caros do mundo

Yahoo Finanças
(Pixabay)

Quanto você pagaria para comer bem? Se o prato levar algum dos ingredientes listados abaixo, o valor pode ser bastante alto. A BBC listou recentemente os alimentos mais caros do mundo. Confira na lista quais são eles e por que são tão caros. Confira:

Açafrão

(Pixabay)

Conhecido como o “ouro vermelho”, o açafrão já custa mais do que o metal dourado, que tem o grama cotado no Brasil a R$ 158,68. O produto tem um preço de venda alto porque se origina da Crocus sativus, uma flor que só floresce por duas semanas no outono. Cada flor conta com três pistilos – que são o açafrão propriamente dito – e só pode ser colhida à mão. Para conseguir um quilo do material, é preciso colher cerca de 300 mil flores, uma a uma.

Caviar

(Pixabay)

A ova do esturjão é considerada o símbolo da riqueza por muita gente – o que faz sentido, já que o ingrediente é bastante caro. O caviar mais famoso é o do esturjão-beluga, espécie ameaçada de extinção e encontrada apenas no Mar Cáspio e no Mar Negro. Para que o peixe comece a produzir o caviar é preciso esperar pelo menos dois anos, até que ele atinja a maturidade, e para retirar suas ovas é preciso matar o peixe. O caviar mais caro do mundo foi o de um esturjão-albino, vendido por US$ 34,5 mil o quilo.

Presunto ibérico

(Pixabay)

Produzido na Espanha e em Portugal, o presunto ibérico é feito somente de porcos pretos ibéricos – ou pelo menos 50% ibéricos – que vivem em um local especial e com uma dieta exclusiva de frutos de carvalhos e castanheiros. O presunto do tipo “pata negra”, considerado o melhor produzido a partir deste porco, é curado por até quatro anos em condições especiais. De acordo com o Guiness Book, o presunto do tipo mais caro custa US$ 4.080 e tem o tamanho de uma perna do porco.

Ostras

(Pixabay)

Vendidas no século 19 como um produto bastante comum, as ostras se tornaram, com o passar do tempo, um alimento essencial e considerado luxuoso graças à sua escassez. As pescas constantes quase tiraram os alimentos do mercado, o que elevou seu preço. Atualmente, um prato de ostras pode custar até US$ 65.

Trufas brancas

(Reprodução)

Um dos fungos mais raros do mundo, a trufa branca cresce somente no norte da Itália, em Piemonte, em raízes de árvores específicas. Por serem mais escassas do que qualquer outro tipo de trufa, a branca é extremamente cara. O maior valor cobrado em apenas uma trufa branca foi registrado em 2007. Um exemplar de 1,5 kg custou cerca de US$ 330 mil.

Carne Wagyu

(Pixabay)

A carne de quatro raças de vacas japonesas é considerada bastante macia e tem uma textura que se assemelha, de acordo com especialistas, a um pedaço macio de peixe. Para garantir uma carne tão saborosa, as vacas são alimentadas com rações especiais e recebem um tratamento diferenciado. O Kobe Beef, um dos tipos dessa carne, custa US$ 640 o quilo.

Café Kopi Luwak

(Pixabay)

Os grãos do café Kopi Luwak chegam a custar US$ 700 o quilo. O café é conhecido por ser resultado de um grão que foi ingerido e defecado pelo civeta de palmeira asiática, um pequeno mamífero que vive na indonésia. Segundo os compradores, o sabor do café fica mais intenso por conta dos ácidos do estômago do animal, que ajudam na digestão.

17 Reações

Leia também